Música, ideologia e relações de poder: a imagem da mulher nas letras de funk

Autores

  • Jucelino Santos
  • Vicentina Ramires

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2017v23n1.35796

Resumo

O objetivo deste trabalho é identificar, nas letras de funk, o condicionamento ideológico das massas dado através dessas manifestações culturais e de que forma isso se reflete na imagem da mulher. Para tanto, fizemos uma análise dessas letras, com base nos postulados da Análise Crítica de Discurso. Percebemos a presença de ideologias alienantes e de dominação, como a cultura de consumo e o machismo patriarcal. Concluímos ser fundamental uma formação escolar e cidadã mais reflexiva e humanística para jovens de periferias, que sofrem o condicionamento massivo da classe/ gênero economicamente dominante através da cultura de massa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-21

Como Citar

SANTOS, J.; RAMIRES, V. Música, ideologia e relações de poder: a imagem da mulher nas letras de funk. Revista Ártemis, [S. l.], v. 23, n. 1, 2017. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2017v23n1.35796. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/artemis/article/view/35796. Acesso em: 19 set. 2021.