Entre a História e a Literatura: um diálogo com a obra The secret diary of Anne Boleyn (1997)

Autores

  • Renato Drummond Tapioca Neto Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.36485

Resumo

O presente artigo se propõe a observar o diálogo entre história e literatura a partir do romance The Secret Diary of Anne Boleyn, da escritora inglesa Robin Maxwell. Com efeito, percebemos que as conclusões de um romancista podem contribuir em certos aspectos para a produção historiográfica, ao oferecerem um importante testemunho da época/período no qual que determinada obra fora composta. Nesse caso, pretende-se mostrar como a visão da autora sobre a vida de Ana Bolena contribuiu para que ela recriasse uma história de quase 500 anos, sobre um ponto de vista atual e influenciado pelas ideias de liberdade e força feminina das últimas décadas. Para tanto, usou-se o conceito de representação segundo Chartier para investigar como Ana Bolena, segunda esposa de Henrique VIII, foi inserida na obra de Maxwell, migrando assim do campo da história para o da literatura e se apresentando como um exemplo de heroína trágica para os tempos modernos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Drummond Tapioca Neto, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Licenciado em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e mestre em Memória: Linguagem e Sociedade, pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

DRUMMOND TAPIOCA NETO, R. Entre a História e a Literatura: um diálogo com a obra The secret diary of Anne Boleyn (1997). Revista Ártemis, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 349–367, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.36485. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/artemis/article/view/36485. Acesso em: 25 maio. 2024.