Discutindo gênero e cozinha: a divisão sexual do trabalho em uma cozinha profissional na cidade de Salvador/BA

Autores

  • Gabriela Brito de Lima Silva Universidade Federal da Bahia
  • Patrícia Rezende Universidade de Brasília
  • Virgínia Machado Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.37656

Resumo

Este artigo busca analisar a inserção do gênero na dinâmica de trabalho em uma cozinha profissional. Discute a divisão das atividades laborais bem como as posições ocupadas por homens e mulheres neste espaço. Desenvolveu-se em um Restaurante Institucional na cidade de Salvador-BA, através de observações na cozinha local e entrevistas semiestruturadas com (sete) trabalhadores. A análise dos dados foi realizada por meio dos Núcleos de Significação que buscam apreender os sentidos e significados das falas por meio do contexto sócio histórico, base da Psicologia Sócio Histórica. Utilizou-se também o gênero como categoria analítica, assim como nos estudos feministas. Foi observado que a força de trabalho masculina assume papéis proeminentes no trabalho em cozinha, como ao lidar com a carne e o manejo do fogão, enquanto a feminina fica à margem do processo de produção, a exemplo do manuseio de vegetais e nas tarefas que são mais repetitivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Brito de Lima Silva, Universidade Federal da Bahia

Bacharela em Gastronomia pela Universidade Federal da Bahia; mestranda em Alimentos, Nutrição e Saúde. Atua na linha de pesquisa "Alimentação, Nutrição e Cultura".

Patrícia Rezende, Universidade de Brasília

Doutora em Saúde Coletiva pela UFBA; Professora do Faculdade da Ceilândia/Universidade de Brasília.

Virgínia Machado, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia - São Paulo; Professora da Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

BRITO DE LIMA SILVA, G.; REZENDE, P.; MACHADO, V. Discutindo gênero e cozinha: a divisão sexual do trabalho em uma cozinha profissional na cidade de Salvador/BA. Revista Ártemis, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 283–302, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.37656. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/artemis/article/view/37656. Acesso em: 20 jun. 2024.