Gênero e sexualidades nos livros didáticos de Sociologia aprovados pelo PNLD 2015

Autores

  • Natan Schmitz Kremer Universidade Federal de Santa Catarina
  • Heloisa Domingos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rachel Tomás dos Santos Abrao Universidade Federal de Santa Catarina
  • Diane Macedo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Mariane Pisani Universidade Federal de Santa Catarina; Universidade de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.38980

Resumo

Propomos analisar como Gênero e Sexualidades emergem nos livros didáticos de Sociologia aprovados no PNLD 2015. Dos seis livros, apenas três (Sociologia; Sociologia em Movimento; Sociologia para Jovens do Século XXI) dedicam capítulos inteiros aos estudos de Gênero e Sexualidades; nos outros (Tempos Modernos, Tempos de Sociologia; Sociologia Hoje; Sociologia para o Ensino Médio) encontramos fragmentado nos demais capítulos. Em Sociologia, focando-se em Família e Parentesco, encontramos diálogo com teóricos clássicos (Durkheim, Giddens, Bourdieu), mas reduzida referência à epistemologia feminista. Em Sociologia em Movimento há constante relação com trabalho e feminismo classista, observável no referencial teórico (Angela Davis, Elisabeth Lobo, Cristina Brueschini). Por fim, em Sociologia para Jovens do Século XXI, dá-se mais atenção aos estudos de gênero, com diálogo entre autoras clássicas e contemporâneas, mostrando a trajetória dos conceitos, além da influência de outras áreas, como Kinsey/Psicologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natan Schmitz Kremer, Universidade Federal de Santa Catarina

Estudante do curso de graduação em Ciências Sociais (Bacharelado e Licenciatura) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Realizou intercambio na Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educacion e na Facultad de Ciencias Sociales, ambas da Universidad de la Repúbica (UdelaR), Uruguay, através do programa Escala Estudiante de Grado, da Asociacion Universitaria Grupo Montevideo, e estudou na Escuela Juana de Arco, no México. Desenvolve pesquisa de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq) junto ao Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC), no projeto "Aspectos do processo civilizador e da modernização em Florianópolis: século XX". Interessa-se pelas temáticas que envolvem literatura, modernismo e modernidade, investigando grupos de vanguarda.

Heloisa Domingos, Universidade Federal de Santa Catarina

Bacharela em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina, cursa a licenciatura na mesma instituição.

Rachel Tomás dos Santos Abrao, Universidade Federal de Santa Catarina

Cursa o bacharel e a licenciatura em Ciências Sociais na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Diane Macedo, Universidade Federal de Santa Catarina

Cursa a licenciatura em Ciências Sociais na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

Mariane Pisani, Universidade Federal de Santa Catarina; Universidade de São Paulo.

Bacharela em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina, cursa a licenciatura na mesma instituição. É doutora em Antropologia pela Universidade de São Paulo, com tese que versa sobre os temas de gênero e esporte.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

KREMER, N. S.; DOMINGOS, H.; ABRAO, R. T. dos S.; MACEDO, D.; PISANI, M. Gênero e sexualidades nos livros didáticos de Sociologia aprovados pelo PNLD 2015. Revista Ártemis, [S. l.], v. 26, n. 1, p. 315–336, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2018v26n1.38980. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/artemis/article/view/38980. Acesso em: 25 maio. 2024.