Subculturas de fãs e telenovelas da Rede Globo: a disputa entre shippers como estratégia de propagação

Autores

  • Cecília Almeida Rodrigues Lima PPGC/UFPB
  • Gêsa Karla Cavalcante

Resumo

Emissoras de televisão têm criado estratégias para adaptar-se a um cenário de múltiplas telas. Buscam estimular nas plataformas digitais uma dinâmica de retroalimentação de seus conteúdos, onde os fãs, por seu potencial de engajamento, tornaram-se seu destinatário principal. Este artigo tem o objetivo analisar as estratégias de propagação utilizadas pela Rede Globo nas telenovelas Sete Vidas e Totalmente Demais, com particular interesse no uso de recursos e táticas utilizadas para provocar as disputas entre fãs (shippers) de casais envolvidos em triângulos amorosos nas duas narrativas. Parte da hipótese de que, alimentar essa disputa nas redes sociais fez com que a expectativa para o desfecho aumentasse, o que repercutiu em maiores números na audiência. Palavras-chave: Cultura de fãs. TV Social. Transmídia. Controvérsia. Shipper.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-24

Como Citar

LIMA, C. A. R.; CAVALCANTE, G. K. Subculturas de fãs e telenovelas da Rede Globo: a disputa entre shippers como estratégia de propagação. Culturas Midiáticas, [S. l.], v. 9, n. 2, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/cm/article/view/32101. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Novas ambiências e práticas interacionais emergentes

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)