Ensino de língua de sinais: aspectos variacionais fonológicos da Língua Brasileira de Sinais

  • Kátia Michaele Conserva Albuquerque IFPB
  • Evangelina Brito Faria UFPB
Palavras-chave: variação fonológica, libras, ensino

Resumo

Com a implementação de cursos de Graduação em Libras no país, é natural uma preocupação maior com a descrição dos elementos que compõem essa língua para uma melhor relação de ensino/aprendizado. Nesse campo, a sociolinguística propiciou grandes mudanças no ensino de língua e veremos que isso abrange a língua de Sinais. A heterogeneidade da língua foi proposta por Labov (2008) baseando-se no estudo da estrutura interna e evolução da língua em uso por determinada comunidade linguística. Este artigo tem por objetivo descrever os componentes fonológicos variacionais na língua de sinais de usuários das comunidades de fala de João Pessoa e Recife, para contribuir no processo ensino/aprendizagem, com a exposição de elementos que comprovam a variação na língua de sinais. Para a coleta de dados foi utilizado o banco de dados da pesquisa “A língua brasileira de sinais no Nordeste: as variantes de João Pessoa e Recife”. O referente estudo foi uma parceria entre a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A metodologia obedeceu as seguintes etapas: (1) selecionar duas categorias semânticas da lista SWADESH; (2) identificar os sinais que apresentam variação fonológica; (3) descrever as unidades fonológicas variacionais; (4) especificar os tipos de variação fonológica. Para a descrição das variações fonológicas foi utilizado o software para transcrição Eudico Linguistic Annotator (ELAN). As análises dos dados mostram que as diferenças são marcadas por aspectos culturais da região, conectados à experiência de cada comunidade e podem ser identificadas pela variação dos parâmetros fonológicos das línguas de sinais. Palavras-chave: variação fonológica; libras; ensino.

Biografia do Autor

Kátia Michaele Conserva Albuquerque, IFPB
Letras linguística
Evangelina Brito Faria, UFPB
DLCV- CCHLA Linguística
Publicado
2018-12-31
Como Citar
Albuquerque, K. M. C., & Faria, E. B. (2018). Ensino de língua de sinais: aspectos variacionais fonológicos da Língua Brasileira de Sinais. DLCV - Língua, Linguística & Literatura, 14(2), 231-245. https://doi.org/10.22478/ufpb.2237-0900.2018v14n2.35914
Seção
Artigos