Gestão do Conhecimento em empresas atuantes na Indústria de Software no Brasil: um estudo das práticas e ferramentas utilizadas

  • Marcos Antonio Gaspar Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Silvio Aparecido dos Santos FEA/USP
  • Denis Donaire Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Marcio Shoiti Kuniyoshi PUC-SP
  • Leandro Campi Prearo Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Palavras-chave: Gestão do conhecimento. Práticas de gestão do conhecimento. Ferramentas de tecnologia da informação. Indústria de software.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo verificar e apontar quais são as práticas de gestão do conhecimento e as ferramentas de tecnologia da informação e comunicação a ela associadas, mais utilizadas em empresas atuantes na indústria de software no Brasil. Para tanto, foi delineado um estudo descritivo de natureza quantitativa que teve como método de pesquisa o levantamento de informações junto a essas empresas. Assim, foram aplicados questionários a 319 funcionários de 15 empresas de software de grande e médio porte atuantes no Brasil. Como resultados, as práticas de gestão do conhecimento mais verificadas são, nesta ordem de prioridade: reuniões e conferências virtuais, treinamentos virtuais, treinamentos presenciais, e-learning, call center/help desk/suporte online, portal corporativo, biblioteca corporativa, sistema de avaliação, centros de inovação, mapeamento de processos e, por fim, gestão da inovação. Outra forma de analisar os resultados encontrados considera uma visão baseada nas diferentes dimensões de práticas de gestão do conhecimento. Nesse contexto, a categoria de práticas de gestão do conhecimento que mais se evidenciou na pesquisa foi a dimensão estratégia. Há de se ressaltar que as práticas tratadas isoladamente obtiveram um comportamento diverso das práticas agrupadas em dimensões. Assim, não necessariamente o desempenho de determinada dimensão (e suas respectivas práticas) coincide com o desempenho das práticas isoladamente. Já no tocante às ferramentas de tecnologia da informação e comunicação empregadas na gestão do conhecimento das empresas pesquisadas, as mais indicadas pelos respondentes foram: e-mail, telefone via internet, telefone celular/rádio, intranet; servidores web e navegadores, telefone fixo, mensagens instantâneas; portal corporativo e treinamento baseado em computador. Além da observação das ferramentas isoladamente, também foi possível apurar o desempenho das diferentes dimensões de ferramentas de tecnologia da informação e comunicação voltadas à gestão do conhecimento. Assim, a categoria de ferramentas que demonstrou maior influência foi a dimensão inteligência artificial. Também aqui deve-se atentar para o fato de que a observação individual das ferramentas acaba por oferecer um resultado diverso do apurado quanto aos indicadores agrupados em dimensões. Em função disso, há de se sublinhar que o desempenho de determinada ferramenta, de forma independente, pode não coincidir com o desempenho de sua respectiva dimensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Antonio Gaspar, Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Brasil.
Silvio Aparecido dos Santos, FEA/USP
Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo, Brasil.
Denis Donaire, Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Livre docente e Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Brasil.
Marcio Shoiti Kuniyoshi, PUC-SP
Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, Brasil. Professor do curso de Administração de Empresas da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil.
Leandro Campi Prearo, Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Doutorando em Administração pelo Programa Pós-Graduação em Administração Universidade de São Paulo, Brasil. Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Brasil.
Publicado
2016-06-08
Como Citar
Gaspar, M. A., Santos, S. A. dos, Donaire, D., Kuniyoshi, M. S., & Prearo, L. C. (2016). Gestão do Conhecimento em empresas atuantes na Indústria de Software no Brasil: um estudo das práticas e ferramentas utilizadas. Informação & Sociedade: Estudos, 26(1). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/ies/article/view/16360
Seção
Relatos de Pesquisa