Sociedade da Informação: avanços e retrocessos no acesso e no uso da informação

  • Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos
  • Angela Grossi Carvalho
Palavras-chave: Sociedade da Informação, Tecnologias da Informação e Comunicação, Inclusão Digital, Tecnologia e Informação, Transferência de Informação, Cultura Digital.

Resumo

A sociedade da informação pode ser vista como uma organização geopolítica dada a partir da terceira revolução industrial, com impacto direto no uso da informação e das tecnologias da informação e comunicação (TICs).  O termo surge como uma mudança de paradigma técno-social presente na sociedade pós-industrial, visando o uso da informação como moeda para a sociedade em constituição naquele momento. No Brasil ganhou peso a partir da publicação do Programa Sociedade da Informação no Brasil – Livro Verde, em setembro de 2000, pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, sendo marcada pela falta de debate na construção do documento mestre. Nosso objetivo nesse artigo é discutir a Sociedade da Informação na  contemporaneidade, além do uso ordenado e consciente da informação, buscando os conceitos-chaves para o seu melhor entendimento. Por meio de uma pesquisa bibliográfica e documental, retomamos o seu conceito, passando por questões como a inclusão-exclusão digital até o uso dos recursos informacionais digitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-04-26
Como Citar
Santos, P. L. V. A. da C., & Carvalho, A. G. (2009). Sociedade da Informação: avanços e retrocessos no acesso e no uso da informação. Informação & Sociedade: Estudos, 19(1). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/ies/article/view/1782
Seção
Artigos de Revisão