Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia: implantação e acompanhamento

  • Flavia Rosa
  • Rodrigo França Meirelles
  • Marcos Palacios
Palavras-chave: Comunicação Científica, Repositório Institucional, Acesso livre, Universidade, Scientific communication, Institutional repository, Free access, University

Resumo

Os repositórios institucionais representam a democratização do acesso à produção científica e cultural das Instituições de Ensino Superior (IES). A Universidade Federal da Bahia (UFBA) é a mais antiga e principal IES pública do Estado da Bahia, com uma produção científica e cultural permanente graças aos Programas de pós-graduação em número superior a 60 à tradição da Instituição que desde sua fundação mantém um diálogo com a sociedade através das atividades culturais e de extensão. No entanto, não há uma política formal de difusão desta produção, acarretando prejuízos para a memória da UFBA e da Bahia, consequentemente. Os avanços tecnológicos disponíveis e os movimentos mundiais como a Open Archives Initiative (OAI) - Iniciativa dos Arquivos Abertos possibilitam: recuperar, armazenar, disponibilizar e divulgar a produção cultural e científica dos especialistas. Este texto trata da definição e implantação de uma política de difusão da comunicação científica da Universidade Federal da Bahia (UFBA) através do seu Repositório Institucional (RI), implantado com o software livre Dspace.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-04-10
Como Citar
Rosa, F., França Meirelles, R., & Palacios, M. (2011). Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia: implantação e acompanhamento. Informação & Sociedade: Estudos, 21(1). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/ies/article/view/4058
Seção
Relatos de Experiência