Arquivo, Biblioteca e Museu como espaços de cultura e preservação

  • Cláudia Maria Alves Vilhena Universidade Federal de Minas Gerais
  • Célia da Consolação Dias Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Estágio em docência universitária. Pós-graduação. Formação pedagógica. Instituições patrimoniais. Estudantes de graduação.

Resumo

O presente artigo apresenta o relato de experiência em docência universitária ministrado no curso de Biblioteconomia, na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Este estágio foi possibilitado pelo Programa de Pós-graduação em Gestão e Organização do Conhecimento – PPGGOC, junto ao Departamento de Organização e Tratamento da Informação – DOTI. A disciplina denominou-se Instituições patrimoniais, instituições de preservação, cujo objetivo foi demonstrar para os discentes a importância das instituições patrimoniais (arquivo, biblioteca e museu) enquanto lugares de memória e unidades de informação (convergências e divergências). A metodologia partiu da literatura, discussão de textos, visitas técnicas e uma viagem técnica e cultural. O resultado alcançado com o estágio permitiu o primeiro contato com a prática docência no ensino superior onde o pós-graduando teve a oportunidade de desenvolver práticas didáticas, relacionar-se com alunos da graduação e discutir junto ao supervisor do estágio suas experiências e expectativas em relação ao mesmo, além de aprender uma profissão, capacitar-se e, sobretudo, desenvolver habilidades e competências para o sucesso profissional como futuro professor. Como conclusão, evidenciou-se a necessidade de reconhecer que o conhecimento, assim com a aprendizagem não são construídos isoladamente e sim requer por parte dos pós-graduandos, docentes em experiência nas universidades, diálogo com seus colegas para troca de informações e experiências, orientação e direção pedagógica supervisionados, estudo, interesse, compromisso e capacitação. Para tanto, cabe ao pós-graduando/docente ser um profissional responsável, ético, maduro e que seja capaz de refletir sob suas ações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Maria Alves Vilhena, Universidade Federal de Minas Gerais
Programa de Pós-graduação em Gestão & Tecnologia da Escola de Ciência da Informação na Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. PPG_GOC - UFMG.
Célia da Consolação Dias, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora Doutora pelo Departamento de Organização e Tratamento da informação da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. DOTI - ECI - UFMG.
Publicado
2019-09-30
Como Citar
Vilhena, C. M. A., & Dias, C. da C. (2019). Arquivo, Biblioteca e Museu como espaços de cultura e preservação. Informação & Sociedade: Estudos, 29(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2019v29n3.45132
Seção
Relatos de Experiência