A grande a a pequena Ciência: análise das diferenças na gestão de dados de pesquisa

  • Luana Farias Sales Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação - PPGCI Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO - PPGB
  • Luís Fernando Sayão Comissão Nacional de Energia Nuclear Centro de Informação Nuclear Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO - PPGB Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos da Fundação Casa de Rui Barbosa
Palavras-chave: Gestão de dados de pesquisa. Infraestrutura de pesquisa. Pequena ciência. Grande ciência.

Resumo

A curadoria de dados de dados de pesquisa é geralmente colocada de forma uniforme para toda a ciência. Os perfis que caracterizam a grande e a pequena ciência são frequentemente desconsiderados ou minimizados no planejamento e desenvolvimento de e-infraestrutura de pesquisa e, mais especificamente, de plataformas de gestão de dados. Enquanto na grande ciência há uma uniformização na geração dos dados, nos processos de curadoria e uma demanda imediata para o compartilhamento e grandes investimentos em e-infraestruturas; na pequena ciência, os dados são gerados/coletados por pequenas equipes numa infinidade de laboratórios pertencentes a vários domínios disciplinares, são extremamente heterogêneos e raramente arquivados para o compartilhamento e reuso. Esses dados necessitam de infraestruturas específicas que considerem seus fluxos de geração, metodologias, culturas de compartilhamento e de esquemas de recompensa e sustentabilidade. O presente estudo tem como objetivo analisar essas diferenças tendo como perspectiva o planejamento de plataformas de gestão que possibilite uma maior visibilidade dos produtos de pesquisa da pequena ciência e a integração desses dois universos da pesquisa científica em torno da eScience.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Farias Sales, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação - PPGCI Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO - PPGB
Doutora em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação do IBICT/UFRJ (2011-2014). Mestre em Ciência da Informação pelo convênio UFF/IBICT (2004-2006), Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal Fluminense (2003). Atualmente é Analista em C & T do MCTIC/IBICT, atuando como docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação do convênio IBICT-UFRJ e Coordenadora da Rede de Implementação do GOFAIR Brasil.
Luís Fernando Sayão, Comissão Nacional de Energia Nuclear Centro de Informação Nuclear Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO - PPGB Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos da Fundação Casa de Rui Barbosa
Doutor em Ciência da Informação pela UFRJ/IBICT (1994).  Mestre em Ciência da Informação pela (UFRJ/IBICT). Graduação em Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978).  Tecnologista sênior desde 1980 na Comissão Nacional de Energia Nuclear. É conselheiro do CONARQ - Conselho Nacional de Arquivos, docente do Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e do Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos da Fundação Casa de Rui Barbosa. 
Publicado
2019-09-30
Como Citar
Sales, L. F., & Sayão, L. F. (2019). A grande a a pequena Ciência: análise das diferenças na gestão de dados de pesquisa. Informação & Sociedade: Estudos, 29(3). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/ies/article/view/47615
Seção
Relatos de Pesquisa