O Pós-Humano como paradigma emergente na Ciência da Informação

Resumo

Estuda-se evidência do pós-humano como novo paradigma na Ciência da Informação a ser investigado. A partir de rejeição de visões binárias entre sujeito e objeto, no geral, e especialmente entre humanos e máquinas, e com o avanço das tecnologias da informação e informação, várias disciplinas e filosofias estão abordando esse novo cenário contemporâneo. Assim, após uma revisão de literatura crítica, identificou-se na Cibernética a gênese do pós-humano, por apresentar um conceito de informação desmaterializada e uma ontologia de similaridade entre humanos e máquinas, e tendo o ciborgue como imagem dessa realidade. Uma vez que o termo possui vários espectros de hibridização entre pessoas e máquinas, abordou-se o conceito de pós-humano, superinteligência e transumano, para apresentar algumas características do sujeito informacional. Assim, pretende-se esquivar-se da centralidade do homem como ser dotado de capacidades cognitivas elevadas frente a outros seres e máquinas e refletir sobre um pensamento interdisciplinar à compreensão de novos fenômenos sociotécnicos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Silvana Drumond Monteiro, Universidade Estadual de Londrina

Pós-Doutora em Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais. Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003), mestre em Ciência da Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1996) e bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina (1984). Atualmente é professora Sênior do Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual de Londrina. Líder do Grupo Informação e Conhecimento no Ciberespaço. Pesquisadora participante do Grupo Novas Tecnologias em Informação, Unesp, Marília. Pesquisadora Produtividade Pq2, CNPq.

Richele Grenge Vignoli, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Câmpus de Marília, Universidade Estadual de Londrina

Doutoranda em Ciência da Informação no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp), Campus de Marília-SP (Programa nota 6). Mestre em Ciência da Informação em 2014 pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Especialista em Gestão de Bibliotecas Universitárias em 2010 pela Uel. Graduada em Biblioteconomia em 2009 pela Uel.

Carlos Cândido de Almeida, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Docente do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista, campus de Marília, com atuação nos cursos de Graduação em Arquivologia e Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - UNESP. Pós-Doutorado em Biblioteconomía y Documentación pela Universidad de Zaragoza, Espanha. Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina.

Publicado
2021-01-25
Como Citar
Monteiro, S. D., Vignoli, R. G., & Almeida, C. C. de. (2021). O Pós-Humano como paradigma emergente na Ciência da Informação . Informação & Sociedade: Estudos, 30(4), 1-28. https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2020v30n4.54017
Seção
Artigos de Revisão