A institucionalização da Ciência da Informação no Brasil sob a ótica da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área

  • Aline Elis Arboit
  • Leilah Santiago Bufrem
  • Nair Yumiko Kobashi
Palavras-chave: Institucionalização científica, Cursos de Graduação

Resumo

Estudo da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área. Como corpus de pesquisa foram considerados os cursos de Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia, Gestão e Ciência da Informação, criados entre os anos de 1910 e 2008. Verificou-se que a tendência de crescimento da quantidade dos cursos reflete a importância dada à informação no contexto atual. Entretanto, a diversidade de nomenclaturas e as divergências conceituais no campo teórico evidenciam a fragilidade epistemológica da área, bem como a busca de maior visibilidade profissional perante a sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-03-29
Como Citar
Arboit, A. E., Bufrem, L. S., & Kobashi, N. Y. (2011). A institucionalização da Ciência da Informação no Brasil sob a ótica da evolução quantitativa dos cursos de graduação na área. Informação & Sociedade: Estudos, 21(1). Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/ies/article/view/9584
Seção
Relatos de Pesquisa