CONFORTO TÉRMICO NA CIDADE DE NATAL E CEARÁ-MIRIM/RN UTILIZANDO OS MÉTODOS DE ITU E WCI

  • Juliana Rayssa Silva Costa
  • Iron de Medeiros Bezerra
  • Fernando Moreira da Silva
Palavras-chave: Conforto térmico, Cidade do Natal e Ceará - Mirim, Índice de Temperatura e Umidade, Índice de Wind Chill.

Resumo

Com a oscilação do comportamento homem-ambiente em função da atuação antrópica e consequentemente nas mudanças dos elementos climáticos, tais como: temperatura, umidade, vento e principalmente alterações no balanço de radiação, se faz importante estudar o conforto térmico em cidades. Nesse contexto, o objetivo da pesquisa é avaliar o conforto térmico das cidades de Natal e Ceará-Mirim/RN. Esses dois municípios foram escolhidos para área de estudo, pois possuem grandes potenciais naturais que atraem o turismo, além de investigar quais dos dois modelos termofísicos – ITU e WCI se comportam em cada cidade. Os dados de Natal foram obtidos junto à estação climatológica da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no período de 1984 a 2007 em horários sinóticos, enquanto que os dados meteorológicos de Ceará - Mirim foram coletados na Estação Climatológica Principal de Ceará-Mirim, com localização: 05º 39’S e 35º 25’W para um período de 30 anos (1961 a 1990) e publicados nas Normais Climatológicas do Brasil, editadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia/INMET em 1992. Os métodos utilizados foram os modelos de Thom, Índice de Temperatura e Umidade – ITU e o de Chill – WCI. Os resultados parciais indicaram que o método de Thom – ITU se mostrou mais adequado, por se tratar de trocas de calor por convecção livre, com avaliações de conforto térmico oscilando em frio, confortável, pouco desconforto e morno, entretanto sua predominância foi pouco desconforto a confortável.
Publicado
2011-03-08
Seção
Artigos