O poder sagrado do documento: sustento e questionamento da burocracia moderna

  • João Marcus Figueiredo Assis
Palavras-chave: Documento, Arquivo

Resumo

Aborda o poder sagrado e esotérico dos documentos e das instituições que os abrigam ao longo da história. Ressalta o poder regulador que o Estado exerce na vida dos cidadãos enquanto guardião dos documentos arquivísticos, quando estes deveriam servir para verificação da transparência das ações políticas e administrativas do Estado. Expõe de que forma o acesso a estes documentos pode contribuir para o autoconhecimento individual e coletivo da humanidade. Acesso ao texto completo (HTML)
Publicado
2008-01-18
Seção
Resumos de artigos científicos