Rota da seda: trânsitos culturais e sagrados nos caminhos da China

  • Maria Lucia Abaurre Gnerre

Resumo

Neste artigo de caráter introdutório, vamos tecer uma análise histórica de alguns aspectos da famosa Rota da Seda enquanto espaço de trocas religiosas e culturais, sobretudo entre Índia e China. Neste sentido, analisaremos a formação histórica da rota da seda e os frutos de cruzamentos culturais que nela se desdobram, como a famosa escola de Gandhara de arte Greco-budista, e também o próprio budismo Chinês, enquanto fruto destes trânsitos religiosos e culturais pelos múltiplos caminhos que passam a compor a chamada Rota da Seda.
Publicado
2016-12-22
Como Citar
GNERRE, M. L. A. Rota da seda: trânsitos culturais e sagrados nos caminhos da China. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, v. 12, n. 2, p. 244-259, 22 dez. 2016.