Do karatê ao kung fu: cinema, religião, elementos marciais e religiosos japoneses e chineses e sua recepção no Brasil (1984-2010)

  • José Otávio Aguiar

Resumo

Investiga-se neste artigo a recepção das culturas japonesa e chinesa no Brasil entre os anos de 1984 e 2010. A hipótese é esta: de forma gradativa, partiu-se de um predomínio da influência japonesa nos anos 1980 e 1990 para um período de aumento das referências de origem chinesa de meados dos anos 1990 até o 2000. São abordados os seguintes temas: as novas religiões japonesas no Brasil e suas relações com saberes religiosos preexistentes, o cinema japonês no Brasil e as artes marciais nipônicas, o cinema chinês e as artes marciais, a chegada do kung fu e do tai chi chuan ao nosso meio e hábitos de consumo.
Publicado
2016-12-22
Como Citar
AGUIAR, J. O. Do karatê ao kung fu: cinema, religião, elementos marciais e religiosos japoneses e chineses e sua recepção no Brasil (1984-2010). Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, v. 12, n. 2, p. 260-277, 22 dez. 2016.