O FEMINISMO-LESBIANO EM MONIQUE WITTIG

Autores

  • Patrícia LESSA

Resumo

O lesbianismo foi tema central nos estudos, teorias e escritos de Monique Wittig (1935-2003). O lesbianismo é, para autora, o único conceito além das categorias homem e mulher; é um conceito revolucionário. La Contrainte à l’hétérosexualitéet la existence lesbienne’, de Adrienne Rich, escrito em 1981, é um texto com teor semelhante aos escritos de Wittig. Sua discussão parte do pressuposto de que dentro da heterossexualidade compulsória cria-se uma percepção da existência lesbiana. Enquanto as precursoras do movimento feminista dos anos 1960-1970 preocupam-se com a análise dos mecanismos de dominação, as feministas dos anos 1970-1980, a exemplo de Monique Wittig irão questionar a naturalização da maternidade e a heterossexualidade obrigatória. A lesbiandade é elevada ao estatuto de conceito revolucionário nos seus escritos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-20

Como Citar

LESSA, P. O FEMINISMO-LESBIANO EM MONIQUE WITTIG. Revista Ártemis, [S. l.], n. 7, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/artemis/article/view/2154. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos