VISÕES SOBRE AS MULHERES NA SOCIEDADE OCIDENTAL

Autores

  • Vânia Nara Pereira VASCONCELOS

Resumo

Este artigo procura analisar representações sobre as mulheres construídas na sociedade ocidental, especialmente entre o final da Idade Média e o século XIX, na Europa. Discute como se desenvolveu um processo de diabolização da mulher, que passou a ser representada centralmente como a descendente de Eva, símbolo do pecado e da tentação. Ao mesmo tempo em que tem lugar esse processo de diabolização, emerge paralelamente uma tendência num certo sentido oposta a esta, com o fortalecimento do culto à Virgem Maria. Nesse contexto, analisa o mito do Gênesis, a partir de uma leitura de Georges Duby. Aborda as discussões ocorridas entre os séculos XVII e XVIII sobre educação feminina, quando há uma grande preocupação em torno da maternidade, numa tentativa de demarcar os papéis sociais de gênero, definindo a mulher como esposa e mãe e o homem como possuidor do espaço público. Procura ainda perceber as resistências femininas aos modelos idealizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2005-12-20

Como Citar

VASCONCELOS, V. N. P. VISÕES SOBRE AS MULHERES NA SOCIEDADE OCIDENTAL. Revista Ártemis, [S. l.], n. 3, 2005. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/artemis/article/view/2209. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos