Representações feministas na obra Exageros e delicadezas, de Carla Nobre

Palavras-chave: Feminismo, Literatura amapaense, Relações de poder

Resumo

Fundamentado nos pressupostos do Feminismo, este trabalho tem como objetivo analisar as manifestações feministas na obra Exageros e delicadezas (2004), de Carla Nobre, onde será possível compreender as leituras feministas e de gênero como leituras políticas, vinculadas às relações de poder existentes na sociedade. Essa investigação dá destaque às formações de estereótipos que deram título ao livro de “delicada” e “exagerada” que se desmistificam ao longo do texto.   É uma pesquisa bibliográfica, de análise literária e caráter imanente, tendo como principais bases teóricas as autoras Naomi Wolf (2018) e McCanner (2019). Dentre as criações literárias do estado do Amapá, a obra de Nobre é a primeira a representar a luta das mulheres de forma clara e objetiva, e a partir de suas poesias, o artigo mostrará a perspectiva feminista da literatura e sua importância para a formação social, de forma que as representações de gênero e também as convenções estéticas demonstrem valores, atitudes e crenças que estão enraizadas em uma sociedade.

Biografia do Autor

Jorlaine Monteiro Girão de Almeida, IFAP/UNIFAP

Cursa Mestrado em Letras com ênfase em Estudos Literários na Universidade Federal do Amapá. Possui especialização em Linguística Aplicada pela Faculdade de Tecnologia do Amapá, Bacharelado e Licenciatura em Letras Português/Inglês pelo Instituto de Ensino Superior do Amapá. Atualmente é professora efetiva do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá - IFAP, Campus Macapá. É líder do grupo: Núcleo de Pesquisa e Estudo de Língua Materna - NUPELM. Tem experiência na área de Língua Portuguesa, Teoria Literária, Literatura Brasileira e Capacitação Profissional com ênfase em Letras.

Yurgel Pantoja Caldas, UNIFAP

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1997), mestrado em Teoria Literária pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001) e doutorado em Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007). Cumpriu pós-doutorado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2011/2012), Atua como professor na graduação habilitações em Inglês e Francês) da Universidade Federal do Amapá e na pós-graduação no Mestrado em Letras (PPGLET) na mesma instituição. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Amazônia, poesia, narrativa, fronteiras, desenvolvimento, contemporaneidade e violência.

Publicado
2020-12-22
Como Citar
ALMEIDA, J. M. G. DE A.; CALDAS, Y. P. Representações feministas na obra Exageros e delicadezas, de Carla Nobre. Revista Ártemis - Estudos de Gênero, Feminismos e Sexualidades, v. 30, n. 1, p. 248-268, 22 dez. 2020.