A representação do domínio britânico na Índia por Kisan Desai: investigando colonialismo e colonialidade em the inheritance of loss

Autores

  • Victor Hugo Maia Osorio
  • Marcelli Claudinni Teixeira Osorio

Resumo

Este artigo propõe um estudo do romance The Inheritance of Loss (2006), da escritora indiana contemporânea Kiran Desai, ao explorar algumas das práticas do colonialismo e da colonialidade retratadas no romance. The Inheritance of Loss é uma narrativa não linear, organizada em fragmentos, que retrata a vida de personagens indianos pertencentes a gerações e origens diversas. Este estudo tem como objetivo analisar passagens das primeiras décadas do século XX do romance que retratam o domínio britânico sobre a Índia, algumas das práticas do colonialismo introduzidas pelos colonizadores e a colonialidade que permeia o personagem indiano anglicizado Jemubhai Patel. Este estudo enfatiza uma estratégia fundamental do colonialismo utilizada pelo domínio britânico na Índia que foi a introdução da língua e da cultura inglesas naquele país. Homi Bhabha (1994), Gauri Viswanathan (1995), Elleke Boehmer (2005), Aníbal Quijano (2007), Walter D. Mignolo (2012), Robert J. C. Young (2015) fazem parte do referencial teórico que sustenta o artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-12-15

Como Citar

MAIA OSORIO, V. H.; CLAUDINNI TEIXEIRA OSORIO, M. A representação do domínio britânico na Índia por Kisan Desai: investigando colonialismo e colonialidade em the inheritance of loss. Revista Ártemis, [S. l.], v. 34, n. 1, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/artemis/article/view/65171. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Leituras decoloniais e feministas na literatura e outras artes