Observações preliminares sobre a epidemiologia das doenças do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) e resistência de cultivares na micro-região do “Curimataú” Paraibano

  • Egberto Araújo
  • Luíz A. Campos Guevara
  • José Barbosa Cabral

Resumo

Na micro-região do Curimataú, Estado da Paraíba, foram conduzidos estudos preliminares sobre a epidemiologia das doenças do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). Nas condições em que se realizaram estas observações, a ferrugem (Uromyces phaseoli (Reb) Wint.var. typica Arth.) e a mancha angular (Isariopsis griseola Sacc.) foram as doenças que se disseminaram mais amplamente; em menores proporções, detectaram-se o mosaico comum (vírus) e a antracnose (Colletotrichum lindemuthianum (Sacc. & Magn) Scrib). As reações pertinentes as cultivares mostraram que a variedade Favinha e a mistura 8 foram as mais susceptíveis a ferrugem; com relação a mancha angular, a cultivar IPA -3 foi a mais afetada.
Publicado
2018-12-09
Seção
Artigo Científico