Teresa Margarida da Silva e Orta. Problemáticas em torno da nacionalidade da primeira romancista em língua portuguesa

Autores

  • Fabio M. da Silva

Resumo

O primeiro romance escrito e publicado por uma mulher em língua portuguesa desperta várias problemáticas, desde dúvidas sobre a sua autoria, passando pela questão da sua nacionalidade ser brasileira ou portuguesa, até uma certa misoginia, que relegam o trabalho de Teresa Margarida da Silva e Orta à invisibilidade na história literária e no cânone. Propomo-nos apresentar, de maneira bem sucinta, os principais tópicos deste romance, procurando entender porque Teresa Margarida é um dos casos mais emblemáticos envolvendo a autoria feminina em língua portuguesa, dado o seu indevido esquecimento acadêmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-10-16

Como Citar

DA SILVA, F. M. Teresa Margarida da Silva e Orta. Problemáticas em torno da nacionalidade da primeira romancista em língua portuguesa. Revista Ártemis, [S. l.], v. 19, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/artemis/article/view/26198. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

II Jornada Gênero e Literatura