Significações imaginárias do humor nos quadrinhos de Conceição Cahú

Palavras-chave: Histórias em quadrinhos, Humor, Feminino, Imaginário, Cotidiano

Resumo

O artigo disserta acerca das significações imaginárias do humor no quadrinhos Uma História de Amor, premiada no 19º Salão de Humor de Piracicaba, de autoria de Conceição Cahú que assim como outras autoras foram esquecidas entre os pesquisadores e são desconsideradas como pioneiras em representações gráficas sequenciais com uma maneira peculiar de construção do humor e seu reflexo no cotidiano da sociedade. Conceição Cahú apresenta em sua obra um humor calcado no empoderamento social, na sexualidade e em sua própria biografia, com uma estética narrativa que ressoa entre artistas do mais variados gêneros. A nossa hipótese é que Conceição Cahú aponta em um discurso humorístico com traços ingênuos, grotescos e com diálogo de contraponto constante com os estereótipos femininos criados por autores masculinos. Apresentamos uma introdução à autora, contexto social do qual se desenvolve como quadrinista e o legado criativo para as histórias em quadrinhos.

Biografia do Autor

Alberto Ricardo Pessoa, Universidade Federal da Paraíba
Pós Doutorado em Sociologia (2014), Doutorado em Letras (2011), Mestrado em Artes (2006) e Licenciatura em Educação em Artística (2002)
Publicado
2019-12-17
Como Citar
PESSOA, A. R. Significações imaginárias do humor nos quadrinhos de Conceição Cahú . Revista Ártemis, v. 28, n. 1, p. 119-135, 17 dez. 2019.