Os feminismos latino-americanos nos últimos 50 anos: considerações sobre um estudo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2019v28n1.48202

Resumo

.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Luis Silva, Universidade Federal do Piauí/Graduando

Graduando em Ciência Política pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Pesquisador do Grupo de Estudos em Teoria Política Contemporânea (DOXA), vinculado ao Grupo de Pesquisas sobre Instituições e Políticas Públicas (CNPq) e do Núcleo de Pesquisas sobre Hannah Arendt (NUPHA) do PPGFIL/UFPI. Foi pesquisador do Grupo de Pesquisas sobre Democracia e Marcadores Sociais da Diferença (CNPq), no qual participou de projeto de pesquisa relacionado às formas de mobilização intituladas coletivos na cidade de Teresina e do Núcleo de Estudos sobre Desenvolvimento e Pobreza (NUDEP/UFPI), no qual atuou em pesquisa relacionada às ações do Programa de Combate à Pobreza Rural do Banco Mundial no interior do Estado do Piauí. Integra, de forma associada, o Grupo de Pesquisadores ALACIP Jovem da Associação Latino-americana de Ciência Política. Tem interesse e/ou experiência nas seguintes linhas de pesquisa em Ciências Sociais: teoria democrática, teoria política feminista, democracia e desigualdades, participação política e representação política. E-mail: albertosilvaterra@hotmail.com

Downloads

Publicado

2019-12-17

Como Citar

SILVA, A. L. Os feminismos latino-americanos nos últimos 50 anos: considerações sobre um estudo. Revista Ártemis - Estudos de Gênero, Feminismos e Sexualidades, [S. l.], v. 28, n. 1, p. 243–249, 2019. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2019v28n1.48202. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/artemis/article/view/48202. Acesso em: 29 jul. 2021.