Maternidade e maternagem: os assuntos pendentes do feminismo

Autores

  • Maria Collier de Mendonça Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2021v31n1.54296

Palavras-chave:

Maternidade. Maternagem. Estudos Maternos. Feminismo Matricêntrico. Gênero.

Resumo

Resumo:

Este artigo inicialmente apresenta dificuldades enfrentadas pelas mães contemporâneas. Em seguida, discute motivações e conceitos que embasam a teoria e prática do Feminismo Matricêntrico (O’Reilly, 2016). Segundo esta autora, a maternidade e a maternagem permanecem como assuntos pendentes do feminismo, sobretudo nos debates acadêmicos, mas também nas práticas ativistas feministas contemporâneas. Ao final, concluímos que é necessário criar espaços para a discussão da maternidade e maternagem no Brasil, como assuntos relevantes para os estudos feministas e os estudos de gênero.

Palavras-chave: Maternidade. Maternagem. Estudos Maternos. Feminismo Matricêntrico. Gênero.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-07-11

Como Citar

COLLIER DE MENDONÇA, M. Maternidade e maternagem: os assuntos pendentes do feminismo. Revista Ártemis, [S. l.], v. 31, n. 1, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2021v31n1.54296. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/artemis/article/view/54296. Acesso em: 27 jan. 2022.

Edição

Seção

Maternidades e maternagens: representações e contestações