A Crise na Produção dos Alimentos e a Política Ambiental Brasileira: Uma Abordagem Multidisciplinar

Autores

  • Nathiene Patrícia Ferreira Amaral Rolim
  • Júlia de Almeida Gondra, Ilda Antonieta Salata Toscano
  • Gil Dutra Furtado, Alicia Ferreira Gonçalves

Resumo

A causa da insegurança alimentar no Brasil, não é justificada apenas pela pouca disponibilidade global de alimentos, mas sim devido à má distribuição de renda e da insuficiência de políticas publicas que promovam a produção e o acesso aos alimentos. A segurança alimentar está inserida no rol dos direitos humanos à alimentação adequada, que garante a todo ser humano o acesso, a disponibilidade e consumo de alimentos. No Brasil este direito é previsto no artigo 6° da Constituição Federal de 1988. Ela prevê ainda a necessidade de resguardar o meio ambiente em sintonia com o desenvolvimento sustentável, resultante da garantia da convivência harmônica entre os homens e o meio que o cerca, sendo necessários para isso elementos que promovam a justiça econômica e social, além do respeito às questões ambientais e culturais. A produção de alimentos, a erradicação da pobreza, a distribuição dos gêneros alimentícios e a sustentabilidade ambiental dependem de equilíbrio e interação entre o homem e natureza, do exercício da cidadania por meio da participação da sociedade organizada politicamente na busca por soluções dos conflitos socioambientais, que resguardem o meio ambiente para estas e futuras gerações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

AMARAL ROLIM, N. P. F.; ILDA ANTONIETA SALATA TOSCANO, J. de A. G.; ALICIA FERREIRA GONÇALVES, G. D. F. A Crise na Produção dos Alimentos e a Política Ambiental Brasileira: Uma Abordagem Multidisciplinar. Gaia Scientia, [S. l.], v. 8, n. 1, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/18184. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)