Presença das relações de gênero no currículo da escola pública: opiniões de professoras e professores

Resumo

Esta pesquisa se propôs a escutar e analisar a opinião de professores e professoras sobre a relevância que atribuem à presença das questões de gênero, as explicitadas no currículo e as que emergem de acontecimentos cotidianos e que implicam a necessidade de se debater o tema na escola. A pesquisa aconteceu com profissionais de escolas públicas municipais da zona leste da cidade de São Paulo, que atendem jovens na etapa escolar do ensino médio. A rede pública municipal tem oito escolas que atendem a jovens nessa etapa de ensino na cidade, e nossa pesquisa ocorreu em três delas. Nossa escuta aconteceu por meio da técnica de grupo focal, com dois encontros em cada unidade, direcionados a investigar a valoração das relações de gênero por parte dos atores escolares e suas percepções sobre o último plano nacional e municipal de educação.

Publicado
2020-07-17
Como Citar
NASCIMENTO, M. O.; DE FREITAS, M. C. Presença das relações de gênero no currículo da escola pública: opiniões de professoras e professores. Revista Ártemis - Estudos de Gênero, Feminismos e Sexualidades, v. 29, n. 1, p. 188-204, 17 jul. 2020.