Terras de homem nenhum: fabulações, lesbiandade e separatismos

Autores

  • Alice Gabriel Instituto Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8214.2020v29n1.52454

Palavras-chave:

separatismo lesbiano, ficção científica feminista, ecofeminismo, Joanna Russ, Catriona Sandilands

Resumo

O presente texto pretende apresentar duas aventuras de separatismo lesbiano – uma escavada no âmbito da literatura e composta de ideias e letras, outra corporificada na experiência concreta de mulheres, composta de terra, sementes e enxadas. Discutindo a relevância da ficção para a imaginação de alternativas de vida anti-patriarcais e anti-capitalistas, o texto se propõe a pensar utopias lesbianas na companhia dos ecofeminismos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Gabriel, Instituto Federal de Goiás

Professora EBTT do Instituto Federal de Goiás, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Unb. Areas de interesse e pesquisa: ontologias contemporâneas, teoria feminista da diferença sexual, feminismo e filosofia, ficção científica escrita por mulheres, epistemologia feminista, feminismos materiais e ecofeminismo.

Downloads

Publicado

2020-07-16

Como Citar

GABRIEL, A. Terras de homem nenhum: fabulações, lesbiandade e separatismos. Revista Ártemis - Estudos de Gênero, Feminismos e Sexualidades, [S. l.], v. 29, n. 1, p. 107–121, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1807-8214.2020v29n1.52454. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/artemis/article/view/52454. Acesso em: 5 ago. 2021.

Edição

Seção

Dossiê literatura e ecologia: vozes feministas e interseccionais