Novas articulações no mercado de música digital a partir da cultura do streaming

  • Flávio Marcílio Maia e Silva Júnior Universidade Federal de Sergipe

Resumo

A circulação da música digital nas plataformas de streaming é considerada a principal forma de fruição musical na atualidade pela fácil usabilidade e acesso por meio da internet em dispositivos móveis. Constituído a partir das transformações causadas pela digitalização de processos tecnológicos, o streaming tem modificado o mercado musical trazendo novas relações entre gravadoras, plataformas digitais, artistas e consumidores. Neste artigo serão analisadas duas delas: a atuação do Spotify como uma gravadora e a inserção das empresas agregadoras como mediadoras de artistas e dos serviços de streaming, com o objetivo de apresentar novas possibilidades da produção de música no meio digital.

Biografia do Autor

Flávio Marcílio Maia e Silva Júnior, Universidade Federal de Sergipe
Mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Referências

REFERÊNCIAS

CRUZ, Leonardo Ribeiro da. Os novos modelos de negócio da música digital e a economia da atenção. Revista Crítica de Ciências Sociais, n. 109, p. 203-228, 2016.

DE MARCHI, Leonardo. Diversidade cultural nos mercados de comunicação e cultura: um panorama das discussões e métodos de pesquisa na indústria fonográfica. Teoria e Cultura, v. 13, n. 2, 2018.

FRANCISCO, Pedro Augusto P.; VALENTE, Mariana Giorgetti. Da rádio ao streaming: ECAD, direito autoral e música no Brasil. Beco do Azougue, 2016.

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Rádio e mídias sociais: mediações e interações radiofônicas em plataformas digitais de comunicação. Mauad Editora Ltda, 2016.

KISCHINHEVSKY, Marcelo; VICENTE, Eduardo; DE MARCHI, Leonardo. Música infinita: serviços de streaming como espaços híbridos de comunicação e consumo musical. Anais, 2015.

SANTOS, Verlane. A firma-rede e as novas configurações do trabalho nas telecomunicações brasileiras. Coleção Eptic, n. 5 – Aracaju: Editora UFS, 2008.

VICENTE, Eduardo. Indústria da música ou indústria do disco? A questão dos suportes e de sua desmaterialização no meio musical. Rumores, v. 6, n. 12, 2012.

VICENTE, Eduardo; KISCHINHEVSKY, Marcelo; MARCHI, Leonardo de. A consolidação dos serviços de streaming: reconfiguração dos mercados de mídia sonora e desafios à diversidade musical no Brasil. Anais, 2016.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
MAIA E SILVA JÚNIOR, F. M. Novas articulações no mercado de música digital a partir da cultura do streaming. Culturas Midiáticas, v. 12, n. 2, p. 47-59, 19 dez. 2019.
Seção
Artigos