Uma abordagem preliminar do SignWriting como alternativa para a escrita da Língua de Sinais

  • Carla Damasceno de Morais Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Língua de Sinais. SignWriting. Quiremas. Sinais escritos.

Resumo

Este artigo propõe uma abordagem preliminar do sistema SignWriting, como alternativa para o registro das línguas de sinais. Por se tratar de um amplo sistema, compreendemos que a publicação de artigos por seções, seja uma estratégia eficiente de divulgar SW, que provavelmente seja utilizado em mais ou menos 62 países. A propósito da estratégia de publicações por seções, este artigo aborda sobre: perspectiva expressiva, configurações de mãos básicas, alguns movimentos, dinâmicas de movimentos, algumas expressões não manuais, alguns pontos de articulação e o alfabeto manual. Para cada item abordado, quando possível, foram apresentadas quando há diferenças, as denominações de Capovilla, Raphael e Maurício (2009), Sutton (2001), Stumpf (2008) e Barreto e Barreto (2012). Após o quirema e sua função, foram apresentados sinais escritos em SW; entretanto, não é objetivo deste artigo impor um modelo de escrita. Concluímos que a divulgação deste sistema contribua para a sua consolidação como registro das línguas de sinais.

Biografia do Autor

Carla Damasceno de Morais, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutora em Linguística Aplicada (UFSC 2016). Mestre em Literatura (UFSC - 2010).
Publicado
2018-12-31
Como Citar
Morais, C. D. de. (2018). Uma abordagem preliminar do SignWriting como alternativa para a escrita da Língua de Sinais. DLCV - Língua, Linguística & Literatura, 14(2), 246-273. https://doi.org/10.22478/ufpb.2237-0900.2018v14n2.42075
Seção
Artigos