A filosofia em cursos de Pedagogia no Brasil

Resumo

O presente artigo tratou de identificar quais são as concepções de filosofia em que os cursos de Pedagogia no Brasil estão fundamentados. Embora haja discussões sobre a filosofia na educação, a singularidade discutida por meio de pesquisa empírica, analisada na revisão de literatura e em Projetos Pedagógicos de Pedagogia, não foi objeto de estudo e justifica a importância do artigo para a educação, sobretudo para a formação de professores. Desse modo, o método da pesquisa se desenvolveu, primeiramente, por meio da literatura de dez trabalhos acadêmicos retirados do Portal de Periódicos da CAPES, com a intenção de proporcionar breve compreensão acerca da realidade da prática docente no Brasil. Posteriormente, foi realizada uma análise documental de 15 Projetos Pedagógicos de cursos de Pedagogia, cuja seleção foi devida ao melhor desempenho das instituições no ENADE, a fim de que houvesse uma interpretação e compreensão das fundamentações filosóficas desses cursos. Por fim, os resultados desses dois processos identificaram duas concepções que subsidiam os cursos: a pragmatista e a marxista, respectivamente. Em que pese o fato de que o uso de autores como John Dewey e Karl Marx, bases teóricas das perspectivas encontradas, não se encontram explícitas em alguns Projetos, argumentou-se que são os principais autores que fundamentam a filosofia dos cursos estudados.

Biografia do Autor

Samuel Mendonça, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Samuel Mendonça é Professor Titular, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado e Doutorado, linha de pesquisa Políticas Públicas em Educação, líder do grupo de pesquisa Política e Fundamentos da Educação (CNPq/PUC Campinas), ao Programa de Pós-graduação em Direito, Mestrado Acadêmico, linha de pesquisa Direitos Humanos e Políticas Públicas, grupo de pesquisa Direito e Realidade Social (CNPq/PUC Campinas) da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Bolsista Produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Pós-doutorando do Departamento de Economia da Educação da FE-USP, sob a supervisão do Prof. Dr. Romualdo Luiz Portela de Oliveira. Atuou como Visiting Scholar na Shanghai Jiao Ton University, China, em 2014. Desenvolveu atividades como Professor Visitante na PUC Peru, em 2013 e em 2018. Foi professor de Filosofia na Educação Básica, Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, nas redes pública e privada, por 5 anos. Doutor em Filosofia da Educação pela Unicamp, Mestre (área de Ética), Licenciado e Bacharel em Filosofia pela PUC Campinas. Foi Presidente da Associação Latino-americana de Filosofia da Educação (ALFE - 2011-2013 e 2013-2015). Foi Secretário da Sociedade Brasileira de Filosofia da Educação (2016-2018). Foi Vice-Coordenador do Forpred Nacional (ANPEd - 2014-2015). Foi Coordenador do Forpred Sudeste (ANPEd - 2013-2014). Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação da PUC Campinas em 2 mandatos, de 2010 a 2018. Foi Coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Cento de Ciências Humanas e do Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, de 2006 a 2010. Participou de eventos acadêmicos com apresentação de trabalhos ou proferiu conferências em diferentes países, como Estados Unidos da América, China, Etiópia, República Tcheca, Argentina, Uruguai, Colômbia, Peru e México. É Presidente da Sociedade Brasileira de Filosofia da Educação (2018-2020), membro da ABRADE - Associação Brasileira de Direito Educacional, Associado e Avaliador ad hoc do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito - CONPEDI e participante de diversas sociedades internacionais: North American Nietzsche Society, PES - Philosophy of Education Society, INPE - International Network of Philosophers of Education, ALFE - Asociación Latinoamericana de Filosofía de la Educación. É autor dos livros Aristocratic Education in Nietzsche: individual achievement (Maryland: GlobalSouth, 2018) e Projeto e Monografia Jurídica (Campinas: Millennium, 2009).
Andressa Gotierra, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Mestra em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2017). Bolsista Capes (2015/2017). Cursou disciplina como aluna especial no Programa de Pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2016). Possui graduação em Pedagogia - Licenciatura Plena pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2014). Foi bolsista de Iniciação Científica - CNPq (2013/2014 e 2012/2013). Atuou na educação infantil como assistente de classe no Sant'Anna International School no currículo internacional e na creche da Unicamp. No ensino fundamental atuou como monitora de aprendizagem no Colégio Visconde de Porto Seguro e como educadora no Programa Mais Educação do Governo Municipal de Campinas.

Referências

AGUIAR, Letícia Carneiro. (2014). Projeto desenvolvimentista e a gênese do curso de pedagogia em Santa Catarina na década de 1960. Roteiro, v. 39, n. 1, p. 87-102.

ALBUQUERQUE, Helena Machado de Paula; HAAS, Celia Maria; ARAÚJO, Regina Magna Bonifácio. Formação de professores da educação básica no Brasil - Curso de Pedagogia – Licenciatura, em instituições da Região Sudeste. Acta Scientiarum. Education Maringá, v. 35, n.1, p. 105-115, 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação (CNE). (2015a). Resolução CNE/CP nº 2, de 1 de julho de 2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17719-res-cne-cp-002-03072015&category_slug=julho-2015-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 25 ago. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Portal de Periódicos da CAPES. (2015b). Disponível em: www.periodicos.capes.gov.br/.

CARVALHO, Rodrigo Saballa de. A invenção do pedagogo generalista: problematizando discursos implicados no governamento de professores em formação. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

DALBOSCO, Claudio Almir. (2016). A educação como crescimento. Disponível em: http://rdplanalto.com/noticias/18305/a-educacao-como-crescimento. Acesso em: 5 fev. 2017.

DEWEY, John. Democracia e educação. (A. Teixeira, Trad.). São Paulo: Ed. Nacional, 1976.

Faculdade Alves Faria. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da ALFA. Disponível em: http://www.alfa.br/arqsfck/files/PPC%20PEDAGOGIA%20SITE%20by%20Di%20Mango.pdf> . Acesso em: 17 jun. 2016.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, 2002.

FRANCO, Maria Amélia Santoro; LIBÂNEO, José Carlos; PIMENTA, Selma Garrido. Elementos para a formulação de diretrizes curriculares para cursos de pedagogia. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, P. 63-97, 2007.

MARCONI, Marina de Andradade; Lakatos, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010.

MARX, Karl. Teses sobre Feuerbach. Disponível em: http://www.unioeste.br/projetos/histedopr/bibliografia/Teses_Feuerbach.pdf. Acesso em: 25 ago. 2015.

MARX, Karl; ENGELS, Friederich. A ideologia alemã. Disponível em: http://abdet.com.br/site/wp-content/uploads/2014/12/A-Ideologia-Alem%C3%A3.pdf. Acesso em: 25 ago. 2015.

MAZZOTTI, Tarso Bonilha. Educação da classe trabalhadora: Marx contra os pedagogos marxistas. Interface _ Comunic, Saúde, Educ, v.5, n.9, p.51-65, 2001.

MORAES, Jaira Coelho. A formação de professores no curso de pedagogia, licenciatura da FACED/UFRGS: um estudo a partir das diretrizes curriculares de 2006. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

NOBRE, José Aguiar; MENDONÇA, Samuel. Desafios para a educação democrática e pública de qualidade no Brasil. Curitiba: Appris, 2016.

OLIVEIRA, Danúsia Arantes Ferreira Batista de. A expansão dos cursos de pedagogia em Goiânia: um estudo comparativo. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2005.

OLIVEIRA, Selma Ferreira de. Formação de professores para os anos iniciais de escolarização nos cursos de pedagogia e normal superior. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Júlio de Mesquita, Marília, 2007.

QUILLICI NETO, Armindo. O ensino de Filosofia da Educação no Brasil: Uma análise dos programas de ensino de Filosofia da Educação dos cursos de Pedagogia do Estado de São Paulo (1988-1998). Tese (Doutorado) - Unicamp, Campinas, 2001.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, Adolfo. Filosofia da praxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

SEVERINO, Antônio José. A busca do sentido da formação humana: tarefa da Filosofia da Educação. Educação e Pesquisa, v.32, n.3, p. 619-634, 2006.

SILVA, Margarida Montejano; SORDI, Mara Regina Lemes. A organização do trabalho pedagógico: limites e possibilidades do curso de pedagogia. 29º Reunião Anual da Anped. Caxambu: MG: ANPED, 2006.

Universidade Estadual da Bahia. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UNEB. Disponível: http://www.uneb.br/prograd/files/2014/07/Pedagogia-Licenciatura-Salvador-Campus-I.pdf. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Estadual de Goiás. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UEG. Disponível em: http://www.posse.ueg.br/cdn/ppi_resolucao.pdf. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Estadual de Ponta Grossa.. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UEPG. Disponível em: http://www.uepg.br/catalogo/cursos/2015/pedagogo.pdf; http://uepg.vwi.com.br/conteudo/37/Pedagogia. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Estadual do Pará. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UEPA. Disponível em: http://paginas.uepa.br/prograd/index.php?option=com_rokdownloads&view=file&Itemid=16&id=187:projeto-pedagogico-curso-de-pedagogia . Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Estadual Paulista. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UNESP. Disponível em: http://www.fct.unesp.br/#!/graduacao/pedagogia/projeto-pedagogico/projeto-pedagogico-2015/. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Federal de Goiás. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UFG. Disponível em: https://www.fe.ufg.br/p/4238-projeto-politico-pedagogico. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Federal de Pernambuco. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UFPE. Disponível em: https://www.ufpe.br/pedagogiacaa/images/documentos/projetopedagociopedagcaa.pdf. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Federal de Santa Maria. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UFSM. Disponível em: https://pedagogiadiurno.wordpress.com/ppp/. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Federal de São João Del Rei. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UFSJ. Disponível em: www.ufsj.edu.br/.../res015conep2010pedagogia_distancia_anexo_versao_posconsu.d. Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Federal do Pará. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UFPA. Disponível em: http://www.ufpa.br/cubt/publicacoes/documento/faecs/pedagogia/PPC_PEDAGOGIA.pdf> . Acesso em: 17 jun. 2016.

Universidade Luterana do Brasil. Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da ULBRA. Disponível em: http://ulbratorres.com.br/Arquivos/ppc/PEDAGOGIA.pdf. Acesso em: 17 jun. 2016.

VIEIRA, Josimar de Aparecido. Qualidade da formação inicial de pedagogos: indicadores na visão de egressos. Tese (Doutorado) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

Publicado
2019-09-03
Seção
Filosofia da Educação