Diversidade, abundância e frequência de oomycota, blastocladiomycota e chytridiomycota em Lagoas de Teresina, Piauí

  • Osiel César da Trindade Junior PRODEMA/UFPI
  • José de Ribamar de Sousa Rocha UFPI

Resumo

Organismos zoospóricos são comumente encontrados em ecossistemas aquáticos e terrestres, entretanto, pouco se conhece sobre sua distribuição e diversidade nesses ambientes. Este estudo avaliou a distribuição, frequência e diversidade de fungos zoospóricos pertencentes aos filos Oomycota, Blastocladiomycota e Chytridiomycota, em três lagoas na cidade de Teresina, Piauí. Amostras de água e de solo foram coletadas, nas estações chuvosa e seca, iscadas com substratos celulósicos, quitinosos e queratinosos. Utilizando a técnica de iscagem múltipla, foram obtidos 222 isolamentos, distribuídos em 34 espécies. A similaridade indicada pelo índice de Sorensen (Ss) e a diversidade (riqueza (S), equitatividade (E), índice de Shannon (H’) e índice de Simpson (D)) mostraram-se alta. No entanto, a estrutura das lagoas, relacionada à ocorrência de fungos zoospóricos, apresentou algumas modificações, provavelmente influenciada pela presença de esgotos domésticos desembocando na lagoa Piçarreira do Cabrinha.

Publicado
2018-06-21
Como Citar
TRINDADE JUNIOR, O. C. DA; ROCHA, J. DE R. DE S. Diversidade, abundância e frequência de oomycota, blastocladiomycota e chytridiomycota em Lagoas de Teresina, Piauí. Gaia Scientia, v. 12, n. 2, 21 jun. 2018.
Seção
Ciências Ambientais

Artigos mais lidos do (s) mesmo (s) autor (es)