Lisímetros de drenagem como método de avaliação de contaminação do solo e água

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n2.47542

Resumo

O uso do solo para as atividades agrícolas, pecuária e industrial, possui como consequência elevados níveis de contaminação, em decorrência de descargas acidentais ou voluntárias de poluentes no solo, em águas superficiais e sub superficiais. Por isso, a determinação do impacto do uso de fertilizantes (orgânicos e minerais) no sistema solo-água é de fundamental importância. Nesse sentido, este estudo visa avaliar o uso de lisímetros de drenagem como alternativa para avaliação do impacto de contaminantes no solo e água, permitindo uma visão mais aproximada da realidade, sem causar impacto na relação solo-água e que ainda, propiciem avaliação de longo período, permitindo a obtenção de séries históricas do uso de dejetos, efluente e produtos químicos em áreas cultivadas. Os lisímetros de drenagem, por propiciarem um ambiente controlado, se mostraram eficazes para os estudos do impacto dos efluentes e adições químicas ao solo e seu reflexo nas águas lixiviadas, tendo como vantagens o manuseio seguro desses efluentes, evitando contaminações desnecessárias em ambientes de pesquisa. Essa técnica pode ser destinada para avaliação de outros tipos de efluentes, para isso é necessário ter cuidado no descarte correto do solo e da água lixiviada, caso sejam usados com contaminantes que impeçam sua reutilização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Genesio Mario da Rosa, Universidade Federal da Santa Maria

Engº Agrº Dr. Prof. Associado Coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental – PPGCTA - UFSM

Marcia Gabriel, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda do curso de Pós Graduação em Agronomia da Universidade Federal de Santa Maria.

Arci Dirceu Wastowski, Universidade Federal de Santa Maria

Professor Associado III da Universidade Federal de Santa Maria, campus de Frederico Westphalen - RS. Professor Titular do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental – PPGCTA.

Sinara Barros, Universidade Federal de Santa Maria

Estudante de Agronomia-UFSM/FW

Referências

AITA, C.; GIACOMINI, S. J.; HÜBNER, A. P. Nitrificação do nitrogênio amoniacal de dejetos líquidos de suínos em solo sob sistema de plantio direto. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 1, p. 95-102, 2007. DOI 10.1590/S0100-204X2007000100013.

BASSO, Claudir José et al. Teores totais de metais pesados no solo após aplicação de dejeto líquido de suínos. Ciência Rural, v. 42, n. 4, p. 653-659, 2012. DOI: 10.1590/S0103-84782012000400012.

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. 8ed. Viçosa: Ed. UFV. 625p. 2008.

BIGUELINI, C. P.; GUMY, M. P. 2012. Saúde Ambiental: índices de nitrato em águas subterrâneas de poços profundos na região sudoeste do Paraná. Faz Ciência (Brasil) 14 (20): 153-175.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA. Resolução nº 357. Brasília, DF. 27 p., 2005.

CARVALHO, Nathália Leal; ZABOT, Valdirene. Nitrogênio: Nutriente ou Poluente? Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 6, n. 6, p. 960-974, 2012. DOI http://dx.doi.org/10.5902/223611704671.

DA ROSA, G. M.; GABRIEL, M.; WASTOWSKI, A. D.; DA ROSA, R. S. Behavior of copper and zinc metals in soil profile, submitted to different sources of fertilization. Environmental Quality Management (PRINT), v. 28, p. 01-05, 2018. DOI: https://doi.org/10.1002/tqem.21574.

ERNANI, P. R.; SANGOI, L.; RAMPAZZO, C. Lixiviação e imobilização de nitrogênio num nitossolo como variáveis da forma de aplicação da ureia e da palha de aveia. Revista brasileira de ciência do solo, v. 26, n. 4, p. 993-1000, 2002. DOI: 10.1590/S0100-06832002000400017.

FIOREZE, Claudio et al. Liberação do N em solos de diferentes texturas com ou sem adubos orgânicos. Embrapa Pecuária Sul-Artigo em periódico indexado (ALICE), 2012. DOI: 10.1590/S0103-84782012005000045.

HONG, Nan et al. Economically optimal nitrogen rate reduces soil residual nitrate. Journal of environmental quality, v. 36, n. 2, p. 354-362, 2007. DOI:10.2134 / jeq2006.0173.

JARDIM, Andréia Nunes Oliveira; CALDAS, Eloisa Dutra. Exposição humana a substâncias químicas potencialmente tóxicas na dieta e os riscos para saúde. Química Nova, v. 32, n. 7, p. 1898-1909, 2009. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-40422009000700036.

MUCHOVEJ, R. M. C.; RECHCIGL, J. E. Impact of Nitrogen Fertilization of Pastures and Turfgrasses on Water Quality, 1994. In: Lal, R.; Stewart, B.A. Soil processes and water quality. Lewis Publication. Boca Raton, p 91-135.

OLIVEIRA, P. A. V. Tecnologias para o manejo de resíduos na produção de suínos: manual de boas práticas. Embrapa Suínos e Aves-Livro técnico (INFOTECA-E), 2004. Disponível em: <http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/443024>.

PAGANINI, W.S. da; SOUZA, A. de; BOCCHIGLIERI, M. M.; Avaliação do comportamento de metais pesados no tratamento de esgotos por disposição no solo. Engenharia Sanitária e Ambiental, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, p. 225-239, 2004. DOI: 10.1590/S1413-41522004000300009

PEREIRA, A.R.; NOVA, N.A. V.; SEDIYAMA, G.C. (1997). Evapo(transpi)ração. Piracicaba: Fealq. 183p.

ROSA, G. M. DA; SILVA, J. C.; Gabriel, M.; MENDONÇA, A. M.; COSTA JUNIOR, J. A.; WASTOWSKI, A. D. Leaching of the different forms of nitrogen by the application of poultry litter, swine waste, and mineral nitrogen on corn cultures (L.). Environmental Quality Management (PRINT), v. 28, p. 01-08, 2018. DOI: https://doi.org/10.1002/tqem.21586.

SANTOS, S. C. G.; MENEZES, SJ. F. S; BENITES, V. M. 2015. Lixiviação de nitrogênio em um Latossolo Vermelho cultivado com soja após aplicação de dejetos líquidos de suínos. Global Science and Technology (Brasil) 8 (2): 49-60. Disponível em: https://rv.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/article/view/762

SCHERER, Eloi Erhard; NESI, Cristiano Nunes; MASSOTTI, Zemiro. Atributos químicos do solo influenciados por sucessivas aplicações de dejetos suínos em áreas agrícolas de Santa Catarina. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 34, n. 4, p. 1375-1384, 2010. DOI: 10.1590/S010006832010000400034.

SILVA, Jonathas Batista Gonçalves et al. Mobilidade dos íons nitrato e amônio em área agrícola sob adubação com água residuária de bovinocultura de leite e torta de mamona. Revista engenharia na agricultura-reveng, v. 25, n. 3, p. 200-211, 2017. DOI: https://doi.org/10.13083/reveng.v25i3.678.

SMANHOTTO, A. et al. Cobre e zinco no material percolado e no solo com a aplicação de água residuária de suinocultura em solo cultivado com soja. Engenharia Agrícola (Brasil) 30 (2): 346–357, 2010.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIAS DO SOLO. COMISSÃO DE QUÍMICA E FERTILIDADE DO SOLO – RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA. Manual de Adubação e de Calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Porto Alegre, RS. 2004. 401p.

STRECK, Edemar Valdir et al. Solos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS: EMATER/RS-ASCAR, 2008.

TEDESCO, M.J. et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre, Departamento de Solos, UFRGS. 174p, 1995.

WASTOWSKI, A. D. et al. Caracterização dos níveis de elementos químicos em solo, submetido a diferentes sistemas de uso e manejo, utilizando Espectrometria de Fluorescência de Raios-X por Energia Dispersiva (EDXRF). Química Nova (Brasil) 33 (7): 1449-1452, 2010. DOI: 10.1590/S010040422010000700005.

Downloads

Publicado

2020-07-31

Como Citar

ROSA, G. M. da; GABRIEL, M.; WASTOWSKI, A. D.; BARROS, S. Lisímetros de drenagem como método de avaliação de contaminação do solo e água. Gaia Scientia, [S. l.], v. 14, n. 2, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n2.47542. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/gaia/article/view/47542. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais