Potencial de adsorção do nanocompósito híbrido de grafeno magnético para remoção de herbicida diuron

Autores

  • Ana Carolynna Severo de Almeida
  • Lara de Sousa Soletti
  • Andressa Jenifer Rubio
  • Luis Fernando Cusioli
  • Rosângela Bergamasco
  • Natália Ueda Yamaguchi

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n2.50120

Resumo

Dentre os processos para remover contaminantes da água, a adsorção se distingue como uma tecnologia de remediação superior. O grafeno vem se destacando como material adsorvente devido às suas propriedades únicas. Este estudo foi realizado utilizando um nanocompósito magnético híbrido de grafeno e ferrita de manganês (NCGM) para o tratamento de água contaminada com herbicida diuron, desenvolvendo possíveis processos alternativos de tratamento de água e efluentes. O potencial de adsorção do adsorvente foi avaliado em ensaios batelada. Foram realizados estudos cinéticos, sendo as isotermas de adsorção também estudadas. Os resultados mostraram que o grafeno apresentou uma capacidade máxima de adsorção 7,9 mg g-1 para a temperatura de 45 ºC após 4 h de tempo de contato. Os resultados da cinética de adsorção ajustaram-se ao modelo de pseudo-segunda ordem, indicando um processo químico envolvido. O modelo de Freundlich foi melhor para os ajustes dos dados obtidos para as isotermas de adsorção, indicando um processo de adsorção heterogêneo e multicamadas. O processo se mostrou endotérmico, sendo favorecido pelo aumento de temperatura. Portanto, concluiu-se que o NCGM apresentou-se como um potencial material adsorvente para tratamento de águas contaminadas com diuron.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-31

Como Citar

SEVERO DE ALMEIDA, A. C. .; DE SOUSA SOLETTI, L. .; RUBIO, A. J. .; CUSIOLI, L. F. .; BERGAMASCO, R.; UEDA YAMAGUCHI, N. Potencial de adsorção do nanocompósito híbrido de grafeno magnético para remoção de herbicida diuron. Gaia Scientia, [S. l.], v. 14, n. 2, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n2.50120. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/gaia/article/view/50120. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)