Avaliação dos riscos de deslizamento no bairro de Sapucaia no município de Olinda, Pernambuco, Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2021v15n1.57079

Resumo

A ocupação de áreas de risco é a maior característica desse desbalanceamento, resultando em aglomerados em áreas inapropriadas para construção, tornando o ambiente nocivo e vulnerável, tanto para a população quanto para o meio. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo analisar os impactos gerados pela ocupação urbana numa área de risco no município de Olinda/PE. Através da visita de campo foi feita uma caracterização da área e dos pontos críticos no que diz respeito aos agentes contribuintes de áreas de risco. Por meio de mapas coletados em fontes externas foi feita uma análise quantitativa do uso do solo por meio do georreferenciamento de ortofotocartas dos anos de 1975 e 1986, e de imagens de satélite dos anos de 2009 e 2018, utilizando o software QGIS. Os resultados permitiram entender o impacto gerado pelo processo de ocupação da área, demostrando uma diminuição de 45% na cobertura vegetal da área, no total dos anos estudados, em função de um crescimento de 43% da área de mancha urbana, expondo assim as ações antrópicas efetivas que fomentam de forma direta no ambiente e os impactos que tornam o meio, que por si só já é vulnerável, em uma área de risco constante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-04-15 — Atualizado em 2021-05-03

Versões

Como Citar

GONÇALVES, L. M. da S.; SILVA, L. C. L. da; LAFAYETTE, K. P. V. Avaliação dos riscos de deslizamento no bairro de Sapucaia no município de Olinda, Pernambuco, Brasil. Gaia Scientia, [S. l.], v. 15, n. 1, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2021v15n1.57079. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/gaia/article/view/57079. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais