Barreiras culturais à efetivação da Gestão do Conhecimento nas organizações públicas: relato de pesquisa

  • Maria Elizabeth Horn Pepulim Universidade Federal de Santa Catarina
  • Francisco Antonio Pereira Fialho Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gregório Varvákis Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Barreiras culturais, Cultura organizacional, Diversidade cultural, Gestão do Conhecimento, Organização pública.

Resumo

Esse artigo aborda a problemática referente às barreiras culturais à efetivação da gestão do conhecimento nas organizações públicas que, no âmbito da presente pesquisa, são entendidas como fatores impeditivos para que essas organizações consigam estabelecer um ambiente propício à aquisição de conhecimento útil bem como para usar o conhecimento adquirido. Objetivando obter aporte teórico para essa proposição e verificar a sua veracidade foram realizadas uma revisão de literatura e posteriormente pesquisas bibliográficas. Entre os resultados obtidos com essa pesquisa foi possível constatar a interdisciplinaridade do tema, identificar quatro tipos de barreiras à GC existentes nas organizações, elaborar uma taxonomia interdisciplinar para nomeá-las e descrever o que são barreiras culturais à efetivação da GC nas organizações públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Elizabeth Horn Pepulim, Universidade Federal de Santa Catarina
 Jornalista, bibliotecária, Mestre em Mídias do Conhecimento pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina, Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina. 
Francisco Antonio Pereira Fialho, Universidade Federal de Santa Catarina
Engenheiro Eletrônico, Psicólogo, Mestre em Engenharia de Produção, Doutor em Engenharia de Produção, Engenharia do Conhecimento. Professor titular do departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Engenharia e Gestão do Conhecimento, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia do conhecimento, mídias do conhecimento, eco-ergonomia, gestão do conhecimento e ergonomia cognitiva. Líder do Núcleo de Estudos e Desenvolvimentos em Conhecimento e Consciência - NEDECC. Líder do Núcleo de Pesquisas em Complexidade e Cognição - NUCOG. Participante do Núcleo da Engenharia da Integração e Governança do Conhecimento para a Inovação - ENGIN da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC e do LGR - Laboratório de Gestão Responsável.
Gregório Varvákis, Universidade Federal de Santa Catarina
Engenheiro Mecânico,Mestre em Engenharia de Produção, Doutor em Manufacturing Engineering. Professor titular do departamento de Engenharia do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina.Tem experiência na área de Gestão, com ênfase em Gestão de Processos, Gestão do Conhecimento e Gestão de Organizações de Serviços, atuando principalmente nos seguintes temas: inovação, gestão do conhecimento, produtividade, melhoria contínua, tecnologia de informação e fluxo informacional.
Publicado
2017-12-24
Como Citar
Pepulim, M. E. H., Fialho, F. A. P., & Varvákis, G. (2017). Barreiras culturais à efetivação da Gestão do Conhecimento nas organizações públicas: relato de pesquisa. Informação & Sociedade: Estudos, 27(3). https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2017v27n3.33114
Seção
Relatos de Pesquisa