Reflexões sobre o Consumo em Redes Digitais: um Ensaio Acerca das Interações entre Redes Sociais, Digital Influencers e Usuários

Autores

  • Lucas Lopes Ferreira de Souza Universidade de Fortaleza - Unifor
  • Nicoli Wanderley Amaral Universidade Estadual do Ceará - UECE
  • Carlos Dias Chaym Universidade Estadual do Ceará - UECE
  • Felipe Gerhard Universidade Estadual do Ceará
  • Francisco Roberto Pinto Universidade Estadual do Ceará - UECE

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2238-104X.2021v11n1.52024

Resumo

Objetivos do estudo: o objetivo deste ensaio é refletir sobre o processo de construção do consumo nas redes sociais on-line, focando, em especial, nas relações entre usuários, digital influencers e mídias digitais. Metodologia/abordagem: Para o estudo das malhas de relações ocorridas nas redes sociais on-line, a perspectiva do construtivismo social foi utilizada. Distanciando-se dos paroxismos objetivistas e subjetivistas das correntes modernas, o construtivismo social confere um maior poder de explicação à formação das redes socais por se embasar em uma perspectiva intersubjetiva. Principais resultados: A cocriação dos atores e o intercâmbio perene de informações entre eles conferem às redes sociais uma formação de caráter polissêmico e participativo. Entretanto, essa relação acabou por proporcionar o surgimento de uma cultura de consumo imanente, concedendo ao marketing uma função de mediador na criação dos significados e sentidos sociais. Além de discorrer sobre a distinção entre o consumo físico tradicional e o virtual, um modelo de interação entre os atores das redes sociais é apresentado. Contribuições acadêmicas: A partir da reflexão sobre as interações entre os atores, é sugerido um modelo relacional de construção de redes virtuais que contribui para a literatura ao proporcionar uma forma integrada de entender o desenvolvimento das relações de cocriação das mídias sociais com base no construtivismo social. Contribuições práticas: São sugeridas novas agendas de pesquisa, evidenciando-se que o consumo em ambientes digitais possui diferenças marcantes em relação ao consumo físico tradicional. A contínua interação entre os seus atores garante a ubiquidade do processo de cocriação digital, trazendo efeitos práticos para a gestão de marketing e o consumo virtual.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Como Citar

Souza, L. L. F. de, Amaral, N. W., Chaym, C. D., Gerhard, F., & Pinto, F. R. (2020). Reflexões sobre o Consumo em Redes Digitais: um Ensaio Acerca das Interações entre Redes Sociais, Digital Influencers e Usuários. Teoria E Prática Em Administração, 11(1), 93–105. https://doi.org/10.22478/ufpb.2238-104X.2021v11n1.52024

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa (Research Papers)