Uma poética da vida quotidiana — Guy Debord e a internacional situacionista

  • Eurico Carvalho Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Palavras-chave: comunicação, Guy Debord, Internacional Situacionista, vida quotidiana e totalidade

Resumo

Neste ensaio, procedemos à análise do conceito situacionista de vida quotidiana, tendo em vista evidenciar não só a riqueza que lhe é própria, mas também a respectiva ambiguidade. Além disso, faz‑se a demonstração de que existe, em termos de uma poética do quotidiano, e pese embora a diversidade das fases de desenvolvimento da Internacional Situacionista, uma indiscutível unidade do seu programa revolucionário.

 

Biografia do Autor

Eurico Carvalho, Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Colaborador do Gabinete de Filosofia Moderna e ContemporâneaInstituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Referências

BENJAMIN, Walter (1942) — «Sobre o Conceito da História». In O Anjo da História. Edição e trad. de João Barrento. Lisboa: Assírio & Alvim, 2010, pp. 9-20.

DEBORD, Guy (2006) — Œuvres. Édition établie et annotée par Jean Louis Rançon en collaboration avec Alice Debord. Préface et introduction de Vincent Kaufmann. Paris: Gallimard.

JAPPE, Anselm (1993) — Guy Debord. Trad. de Iraci D. Poleti e Carla da Silva Pereira. Lisboa: Antígona, 2008.

KAUFMANN, Vincent (2001) — Guy Debord. La révolution au service de la poésie. Paris: Fayard.

MARX, Karl (1845) — «Teses sobre Feuerbach». In MARX, Karl e ENGELS, Friedrich — Obras Escolhidas em Três Tomos. Vol. 1. Trad. de José Barata Moura et al. Lisboa: Edições «Avante!», 1982, pp. 1-3.

_______ (1867) —O Capital. 3 vols. Trad. de José Barata Moura et al. Lisboa: Edições «Avante!», 1990/92/97.

PERNIOLA, Mario (1972) — Los Situacionistas. Historia crítica de la última vanguarda del siglo XX. 2.ª Edição. Trad. de Álvaro Garcia Ormaechea. Madrid: Acuarela & A. Machado, 2010.

RANCIÈRE, Jacques (2008) — O Espectador Emancipado. Trad. de José Miranda Justo. Lisboa: Orfeu Negro, 2010.

Publicado
2016-04-21
Como Citar
Carvalho, E. (2016). Uma poética da vida quotidiana — Guy Debord e a internacional situacionista. Aufklärung: Revista De Filosofia, 3(1), p.53-64. https://doi.org/10.18012/arf.2016.24891