Produção de óleo essencial de capim-santo sob diferentes intervalos de corte

IRIS DANIELLE ARAÚJO LEITE, FRANCISCA ROBEVANIA MEDEIROS BORGES, CLAYTON MOURA CARVALHO, HERNANDES OLIVEIRA FEITOSA, ROCHELE SHEILA VASCONCELOS, FABRÍCIO MOTA GONÇALVES

Resumo


O capim-santo é uma planta muito cultivada em quase todos os países tropicais inclusive no Brasil, tanto para fins industriais como em hortas caseiras para o uso em medicina tradicional. O óleo essencial do capim-santo é largamente utilizado como agente aromatizante na indústria de perfumaria e cosmética, na preparação de sabonetes, colônias e desodorantes, bem como na indústria química e como feromônio artificial para captura de enxames de abelhas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o rendimento da produção de óleo essencial de capim-santo submetido a diferentes intervalos de corte. O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado, tendo como tratamentos os seguintes intervalos de corte: 15 dias, 30 dias e 45 dias, com três repetições cada. Após analise estatística dos dados levantados, constatou-se que houve influência significativa em nível de 5% de probabilidade. O valor médio do rendimento de óleo essencial obtido no experimento foi de 3,18 dm³ t-1 de matéria verde, o menor de 1,49 dm³ t-1 de matéria verde no tratamento com intervalo de corte de 15 dias e o máximo obtido 5,17 dm³ t-1 de matéria verde no tratamento com intervalo de corte de 45 dias. O rendimento do óleo essencial de capim-santo em litros por tonelada de matéria verde foi crescente com o aumento dos intervalos de corte e obteve melhores resultados com os cortes realizados em intervalo de 45 dias entre os mesmos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25066/agrotec.v31i1.3442

Revista Agropecuária Técnica
ISSN impresso 0100-7467
ISSN online 2525-8990


Este periódico está indexado em:




Índice h (Google Scholar)=14


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional