A recepção de Shakespeare na Alemanha

Autores

  • Rafhael Borgato
  • Wilma Patricia Maas

Palavras-chave:

Lessing, Shakespeare, Modernidade Literária, Sturm und Drang, Neoclassicismo francês, Literatura Alemã

Resumo

Este artigo trata de um momento decisivo para a formação da literatura moderna ocidental. Referimo-nos à crítica de Lessing à influência exacerbada do teatro neoclássico francês na produção teatral alemã. Lessing (1964) considerava que o modelo aristocrático importado da França em nada correspondia ao contexto da sociedade alemã, já marcada por um incipiente modo de vida burguês. Sendo assim, o crítico dedica seu esforço teórico a afirmar a necessidade e levantar possibilidades sobre um fazer literário que estivesse em maior consonância com o espírito alemão. É na obra de Shakespeare que Lessing encontra sua resposta, fato que desencadeará o surgimento do movimento Sturm und Drang e, consequentemente, trará à luz uma literatura burguesa incipiente. Analisamos aqui, então, como se dá essa influência shakesperiana e sua importância na formação de uma literatura de cunho burguês.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARISTÓTELES. Poética. Tradução, prefácio, introdução, comentário, apêndices: Eudoro de Souza. Porto Alegre: Editora Globo, 1966.

BOESCH, Bruno. (org.). História da Literatura Alemã. Colaboradores: L. Beringer, A. Bettex, B. Boesch, W. Kohlschimdt, F. Ranke, H. Rupp, F. Strich, M. Wehrli, A. Zäch. São Paulo: Editora Herder, 1967.

GOETHE, Johann Wolfgang von. Escritos sobre literatura. Trad. e sel. Pedro Süssekind. Rio de Janeiro: Viveiro de Castro Editora, 2000.

GOETHE, Johann Wolfgang von. Fausto & Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Galeão Coutinho. São Paulo: Abril S.A., 1983.

HABICHT, Werner. Shakespeare and the German imagination. International Shakespeare Association: Occasional Paper n. 5. Hertford: Stephen Austin and sons ltd, 1994.

HAMPSON, Norman. O Iluminismo. Tradução: Rafael Gonçalo Gomes Filipe. Lisboa: Editora Ulisseia, 1973.

LESSING, Gotthold Ephraim. De teatro e literatura. Trad. J. Guinsburg. São Paulo: Herder, 1964.

NIETZSCHE, Friedrich. O nascimento da tragédia ou Helenismo e pessimismo. Tradução, notas e posfácio: J, Guinsburg. 2 ed. São Paulo: Companhia da Letras, 2000.

ROSENFELD, Anatol. Introdução. In: LESSING, Gotthold Ephraim. De teatro e literatura. Trad. J. Guinsburg. São Paulo: Herder, 1964.

ROSENFELD, Anatol. Teatro alemão – História e Estudos. 1a. Parte – Esboço Histórico, São Paulo: Brasiliense, 1968.

SHAKESPEARE, William. Hamlet. Trad. Millôr Fernandes. Porto Alegre: L&PM, 2006.

WATT, Ian. Mitos do individualismo moderno. Trad. Mário Pontes. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

Downloads

Publicado

2012-04-03

Edição

Seção

Artigos do Dossiê