Leonor Teles: da história para o romance

  • Aldinida MEDEIROS UEPB
Palavras-chave: Leonor Teles, Crônicas lopinas, Romance histórico contemporâneo

Resumo

Leonor Teles ficou para a História como uma rainha pérfida, má e aleivosa. O presente artigo traz mostra que, embora a historiografia faça uma diminuição ou apagamento de mulheres na História, o romance histórico contemporâneo retoma figuras femininas e redimensiona-as a partir de releituras e novas focalizações sobre o passado histórico. O objetivo é mostrar que embora a Leonor Teles das crônicas lopinas tenha sido estigmatizada, no romance contemporâneo ela adquires outros perfis.

Referências

BALEIRAS, Isabel de Pina. (2013). Uma rainha inesperada: Leonor Teles. Lisboa: Círculo de Leitores/Temas e Debates.

FRANCO, António Candido. (2009). Vida ignorada de Leonor Teles. Lisboa: Ésquilo, 2009.

FERREIRA, Seomara da Veiga. (1999). Leonor Telles ou o canto da salamandra. Lisboa: Editorial Presença.

HIERRO, Maria Pilar Queralt del. (2006). Eu, Leonor Teles: a dama maldita. Lisboa: A Esfera dos Livros.

____. (2015). Entrevista a Maria Pilar Queralt del Hierro. <http://jornadasdenovelahistoricaengranada.blogspot.pt/2015/05/entrevista-maria-pilar-queralt-del.html> 18 de maio de 2015. Acesso em junho de 2015.

HUTCHEON, Linda. (1991). Poética do Pós-Modernismo: história, teoria e ficção, Rio de Janeiro, Imago.

LOPES, Fernão. (1975). Crónica de D. Fernando. (Ed. crítica Giuliano Macchi). Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda.

____. (1945). Crônica de D. João I. (Prefácio de Antônio Sérgio). Porto: Civilização. (Vol.1).

MARINHO, Maria de Fátima. (1999). O Romance Histórico em Portugal. Porto: Campo das Letras.

MARTINS, Armando Alberto. (2010) D. Fernando, o formoso. In: MENDONÇA, Manuela. (Coord.) História dos reis de Portugal: da fundação à perda da independência. Lisboa: Quidnovi/Academia Portuguesa de História. (vol. I).

MATTOSO, José. (1993). Dois século de vicissitudes políticas. In: História de Portugal. (Dir. e Org. MATTOSO, José e SOUSA, Armindo). Porto: círculo de Leitores. (Vol. II). p. 23 a 161.

MARQUES. A. H. de Oliveira. (1997). História de Portugal: das origens ao Renascimento. 13a. ed.. Lisboa: Editorial Presença. (vol. I)

MESQUITA, Marcelino; FARIA, Jorge de.(1889). Leonor Teles: drama histórico em 5 actos. Lisboa: Livraria Popular de Francisco Franco.

SARAIVA, José Manuel. (2010). Rosa Brava. Alfragide: Leya.

VIEIRA, Cristina da Costa. (2008). A construção da personagem romanesca. Lisboa: Colibri.

Publicado
2016-01-11
Como Citar
MEDEIROS, A. Leonor Teles: da história para o romance. Revista Graphos, v. 17, n. 2, p. 39-49, 11 jan. 2016.