Curadoria digital como parte da formação do bibliotecário: Identificando competências em perfis curriculares

  • Arabelly Ascoli de Lima Bibliotecária-Documentalista na UFPE. Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFPE.
  • Marcos Galindo de Lima UFPE
Palavras-chave: Curadoria Digital, graduação em Biblioteconomia, formação do bibliotecário

Resumo

Este artigo objetiva identificar se está presente e como é feita a formação de competências para atuação em Curadoria Digital nas matrizes curriculares dos cursos de Biblioteconomia. Esta é uma pesquisa exploratória e qualitativa que tem como objeto de estudo os projetos pedagógicos dos cursos de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Conclui que a Curadoria Digital não é abordada nos cursos analisados de forma direta, entretanto as ementas dos componentes curriculares apresentam indícios de que a formação de competências para atuação em Curadoria Digital acontece distribuída ao longo das disciplinas. Ressalta-se, porém, a necessidade de que os docentes relacionem as disciplinas com os processos de Curadoria Digital, de forma que o discente possa compreender o processo com o um todo. Também, ressalta-se a necessidade de que os docentes envolvidos busquem atualizações por meio de aprendizagem ao longo da vida, uma vez que o universo digital é dinâmico e novos formatos e tecnologias surgem a todo instante. Deixa-se a indicação, como trabalho futuro, que essa pesquisa seja expandida para as instituições de todo o Brasil.

Biografia do Autor

Marcos Galindo de Lima, UFPE
Professor do Programa de Pós-Graduação da UFPE. Doutor em História pela Leiden University

Referências

ABBOT, Daisy. Whatis digital curation? Digital Curation Centre, 2008. Disponível em: http://www.era.lib.ed.ac.uk/ bitstream/1842/3362/3/AbbottWhatis digital curation. Digital Curation Centre.doc. Acesso em: 10 dez. 2018.

ARAÚJO, Carlos. A. Ávila. Correntes teóricas da Biblioteconomia. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação. São Paulo, v. 9, n. 1, p. 41-58, jan./dez. 2013.

BOERES, Sonia.; CUNHA, Murilo. B. Competências para a preservação e curadoria digitais. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 14, n. 3, set./dez. 2016, p. 426-449.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Classificação Brasileira de Ocupações. Disponívelem:http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/pesquisas/BuscaPorTituloResultado.jsf. Acesso em: 13 jan. 2019.

CASTELLS, Manuel. A Sociedade em Rede. 6. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v. 1.

DCC. Digital Curation Centre.Digital Curation LifecycleModel.Disponível em: http://www.dcc.ac.uk/resources/curation-lifecycle-model. Acesso em: 15 nov. 2018.

FREITAS, Cristiana Vieira de. O futuro é hoje: perfis e competências dos profissionais da informação para a curadoria digital. In: PEREIRA, Ana Alves et al.Encontro Curadoria DIGITAL: estratégias e experiências: atas. Coimbra: Instituto de História Contemporânea da FCSH-UNL, 2017. p. 28-39.

NATIONAL ACADEMY OF SCIENCES. PreparingtheWorkforce for Digital Curation. Washington, DC: The National Academies Press, 2015.

RIBEIRO, Fernanda. Memória, informação e Ciência da Informação: Relações e interdependências. In: OLIVEIRA, Eliane Braga de; RODRIGUES, GeorgeteMedleg (Org.). Memória: Interfaces no campo da informação. Brasília: Ed. UnB, 2017. p. 111-140.

SAYÃO, Luiz. Fernando.; SALES, Luana. Farias. Curadoria digital: um novo patamar para preservação de dados digitais de pesquisa. Inf. & Soc.: Estudos, João Pessoa, v. 22, n.3. p.179-191, set./dez. 2012.

SIEBRA, Sandra de Albuquerque; BORBA, Vildeane da Rocha.; MIRANDA, Májory. Karoline. F. Oliveira. Curadoria digital: um termo interdisciplinar. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2016, Bahia. Anais..., Bahia: UFBA, 2016.

SIEBRA et al. Curadoria digital: Além da questão da preservação digital. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 14., 2013, Florianópolis. Anais..., Florianópolis: UFSC, 2013.

UFAL. Universidade Federal de Alagoas. Curso de Biblioteconomia. Projeto pedagógico Curso de Biblioteconomia.Maceió, 2017. Disponível em: <http://www.ufal.edu.br/unidadeacademica/ichca/graduacao/biblioteconomia>. Acesso em: 05 jan. 2019.

UFRN. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Biblioteconomia. Currículos.2019. Disponível em: <https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/curso/curriculo.jsf?lc=pt_BR&id=2000006>. Acesso em: 17 jan. 2019.

UFRN. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ciências Sociais Aplicadas. Departamento de Ciência da Informação. Coordenação do Curso de Biblioteconomia. Projeto pedagógico do curso de graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2017. Disponível em:<https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/curso/ppp.jsf?lc=pt_BR&id=2000006>. Acesso em: 05 jan. 2019.

VALENTIM, Marta Ligia. Formação: competências e habilidades do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002.

Publicado
2019-07-25
Seção
Artigos de Revisão