O pensamento de Paulo Freire para a Educação de Jovens e Adultos: ainda aprendemos com a experiência de Angicos/RN

Autores

Resumo

Passados quase sessenta anos da experiência idealizada por Paulo Freire vivenciada em Angicos/RN, direcionada para alfabetização de jovens e adultos. Apontamos neste artigo algumas lições que essa proposta evidencia para o nosso contexto atual. Neste sentido através de uma cuidadosa descrição, no qual os elementos históricos e contextuais dialogam com um cenário de emergência de movimentos de educação e  cultura popular no início dos anos 1960, trazemos a experiência de Angicos/RN como uma prática de educação conscientizadora e libertadora. Podemos destacar como lições herdadas dessa experiência, a compreensão de que a Educação de Jovens e Adultos constitui uma modalidade de educação reparadora, equalizadora e qualificadora, com características próprias que necessitam de políticas educacionais direcionadas a formação de professores e professoras para atuarem de maneira adequada, atendendo as necessidades dos jovens e adultos, de forma mais sensível e humana, rompendo e ressignificando práticas e estratégias de ensino ultrapassadas e ineficazes. Buscando desta forma, fortalecer a função social da escola, apoiando-se sempre nas bases teóricas e conceituais de Paulo Freire.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Jorge Lopes Silva

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal da Paraíba (1999), Mestrado em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (2003) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (2011). Atualmente é professor Adjunto I da Universidade Federal da Paraíba (CE/DFE). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação de jovens e adultos, eja, formação continuada, educação popular e formação de professores.

Downloads

Publicado

2021-03-15

Como Citar

Silva , L. S. do N. ., & Silva, E. J. L. (2021). O pensamento de Paulo Freire para a Educação de Jovens e Adultos: ainda aprendemos com a experiência de Angicos/RN. Revista Educare, 1–12. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/educare/article/view/58164

Edição

Seção

PAULO FREIRE 100 ANOS: PATRONO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA