Divisão fisiográfica da bacia do rio Buranhém como subsídio para o planejamento e gestão dos recursos hídricos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n4.51802

Resumo

A análise fisiográfica das bacias hidrográficas e a sua caracterização são ferramentas para a gestão destes territórios. O estudo objetivou avaliar estas características para a bacia hidrográfica do rio Buranhém, no Sul da Bahia, ponderando-as como fatores de impacto ambiental de modo a compartimentalizar a bacia. Realizou-se o processamento do Modelo Digital de Elevação (MDE) e da cobertura do solo cedidos pelo Fórum Florestal do Extremo Sul da Bahia utilizando o software QGIS 2.18. Também foram analisados os dados hidrometeorológicos, de vazão e precipitação disponíveis na rede nacional (Hidroweb/ANA). Os dados foram avaliados por sub-bacia, atribuindo pesos de acordo com o efeito de transmissibilidade superficial da água e concentração do deflúvio, descritos na literatura. Observou-se que bacias alongadas, com baixa cobertura vegetal e relevo acentuado podem ter tendência a inundações devido ao escoamento superficial favorecido, o que resulta em riscos de erosão, perda de solo, assoreamento, comprometimento da qualidade da água e baixa disponibilidade de água ao longo do tempo. A fisiografia se deu com a compartimentalização em quatro sub-bacias de contribuição de acordo com o potencial de impacto nos recursos hídricos, servindo de apoio para a gestão da bacia como território heterogêneo com diferentes tendências naturais e antrópicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elfany Reis do Nascimento Lopes, Universidade Federal do Sul da Bahia

Doutor em Ciências Ambientais

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

SILVA, G. M. de F.; REIS DO NASCIMENTO LOPES, E.; BERTON ZANCHI, F.; BATISTA LOPES DA SILVA, J. Divisão fisiográfica da bacia do rio Buranhém como subsídio para o planejamento e gestão dos recursos hídricos. Gaia Scientia, [S. l.], v. 14, n. 4, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2020v14n4.51802. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/gaia/article/view/51802. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)