Mário Jorge e o plurilinguismo literário

  • Jessica Torquato Carneiro Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

Plurilinguismo literário é uma forma de nomear a escrita que possui duas ou mais línguas como uma característica que se sobressai, o que normalmente atrai teóricos que discutem como a literatura está atrelada a temas como identidades nacionais, bilinguismo, diáspora e globalismo. No presente artigo, Mário Jorge (1946-1973) foi escolhido para a observação do plurilinguismo literário, pois uma parte de sua obra foi bastante marcada por essa característica. Autores como Foerster (2014), Knauth (2007) e Marques (2012) oferecem a base teórica que ampara a discussão a respeito da escrita literária plurilíngue. Este artigo busca explorar a forma particular com que Mário Jorge utiliza o português, inglês, francês e espanhol na sua produção literária, com o intuito de promover discussões e expandir a compreensão a respeito da presença do plurilinguismo na literatura.

Biografia do Autor

Jessica Torquato Carneiro, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL)/Mestrado

Referências

FANTI, Maria da Glória Corrêa Di. A linguagem em Bakhtin: pontos e pespontos. Veredas, Juiz de Fora, v. 7, n. 1-2, p. 95-111, 2003.

FOERSTER, Kristina. Dissolving Linguistic Borders? Contemporary Multilingual Literature in German-speaking Countries. Thesis (Degree of Doctor of Philosophy in Germanic Studies) – University of Illinois, Chicago, 2014. Disponível em: https://indigo.uic.edu/bitstream/handle/10027/18772/Foerster_Kristina.pdf. Acesso em: 10 fev. 2017.

KNAUTH, K. Alfons. Literary multilingualism I: general outlines and western world. In: DE BEHAR, Lisa Block; MILDONIAN, Paola; DJIAN, Jean-Michel; KADIR, Djelal; KNAUTH, K. Alfons; ROMERO LÓPEZ, Dolores; SELIGMANN-SILVA, Márcio. (Ed.). Comparative Literature: sharing knowledges for preserving Cultural Diversity. UNESCO; Eolss Publishers, Oxford, UK, 2007. p. 146-169. (vol. II). Disponível em: http://www.eolss.net/ebooks/sample%20chapters/c04/e6-87-07-05.pdf. Acesso em: 10 fev. 2017.

MARQUES, Isabelle Simões. O romance plurilíngue ou como a língua incorpora a cultura do outro. Cadernos de Linguagem e Sociedade, Brasília, v. 13, n. 1, p. 129-149, 2012. Disponível em: http://www.periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/11825. Acesso em: 10 fev. 2017.

MICHAEL, Joachim. A heteronímia de Fernando Pessoa: literatura plurilíngue e translacional. Cadernos de Tradução, Florianópolis, n. especial 2, p. 160-181, jul./dez. 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7968.2014v3nespp160. Acesso em: 10 fev. 2017.

THE FREE DICTIONARY. Dicionário eletrônico. Disponível em: http://thefreedictionary.com. Acesso em: 19 fev. 2017.

VIEIRA, Mário Jorge de Menezes. Cuidado silêncios sôltos. Organização: Vinicius Dantas. J. Andrade. São Paulo: Unicamp, 1983.

Publicado
2018-07-02
Como Citar
CARNEIRO, J. T. Mário Jorge e o plurilinguismo literário. Letras & Ideias, v. 2, n. 1, p. 67-80, 2 jul. 2018.
Seção
Artigos