O sexual como o impossível de suportar

  • Suele Conde Soares Universidade Federal da Paraíba

Resumo

O presente artigo, a partir da obra O beijo no asfalto: tragédia em três atos de Nelson Rodrigues, aborda conceitos psicanalíticos de Freud e Lacan a fim de estabelecer um diálogo entre a psicanálise e a literatura. O beijo entre dois homens é o pivô que faz girar toda a trama desvelando afetos e verdades, fazendo aparecer o desejo e o gozo, este último como o insuportável que um sujeito rechaça no outro e a si mesmo. A sexualidade, ou ainda a suposta homossexualidade de um dos personagens provoca toda sorte de intrigas e confabulações tendo a mídia e a polícia como principais articuladoras da tragédia. O ato de beijar um homem morto, ato decidido e sem sentido, convoca o sujeito a dizer daquilo que, para Lacan, não há palavras, pois, o ato já contém em si sua própria significação.

Referências

ANGOT, C. Non, non, non et non. Lacan Quotidian. n. 300. febr. de 2013. Disponível em: http://www.lacanquotidien.fr/blog/wp-content/uploads/2013/03/LQ-300.pdf. Acesso em: 05 fev. 2019.

FINK, B. Objeto a: causa do desejo. In: FINK, B. O sujeito lacaniano: entre a linguagem e o gozo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 1998.

FREUD, S. Três ensaios sobre a teoria da sexualidade (1901 -1905). Obras completas, v. VII. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

JORGE, M.A.C. De Freud a Lacan: do objeto perdido ao objeto a. In: QUINET, A.; JORGE, M. A. C. (org.). As homossexualidades na psicanálise: na história da sua despatologização. São Paulo: Segmento Farma, 2013.

LACAN, J. A instância da letra no inconsciente ou a razão desde Freud (1957). In: LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.,1998.

LACAN, J. Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise (1953). In: LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.,1998.

LACAN, J. O seminário, livro 20: mais, ainda. (1972-73). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2008.

LOMBARDI, G. El saber y el acto. In.: La clínica del psicoanálisis – el sintoma y el acto. Buenos Aires, Argentina. Atuel, 1993.

MILLER, J. A. Cuando el outro es malo. Buenos Aires: Paidós, 2011.

MILLER, J. A. Lacan, professor do desejo. Opção lacaniana online. ano 4, n. 12. nov. 2013. Disponível em: http://www.opcaolacaniana.com.br/pdf/numero_12/lacan_professor_desejo.pdf. Acesso em: 05 fev. 2019.

PFEIL, C. Diário de um analisando em Paris. São Paulo: Zagodoni, 2013.

QUINET, A. Homossexualidades em Freud. In: QUINET, A.; JORGE, M. A. C. (org.). As homossexualidades na psicanálise: na história da sua despatologização. São Paulo: Segmento Farma, 2013.

RIVERA, T. Arte e psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 2005.

RODRIGUES, N. O beijo no asfalto: tragédia carioca em três atos. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

ROUDINESCO, E.; PLON, M. Dicionário de psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 1998.

Publicado
2018-12-28
Como Citar
Soares, S. C. (2018). O sexual como o impossível de suportar. Letras & Ideias, 2(2), 192-204. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/letraseideias/article/view/45013
Seção
Artigos