O trágico revisitado em Closer, de Patrick Marber

  • Leonardo Monteiro de Vasconcelos Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

Closer, a peça mais famosa do dramaturgo inglês Patrick Marber, foi investigada pela crítica teatral dos anos noventa, e aclamada como sendo uma obra representativa das relações humanas no mundo contemporâneo, por retratar a fugacidade dos relacionamentos amorosos. A obra mostra a relação de quatro personagens que trocam de parceiros entre si, aparentemente sem motivo e/ou razão. Closer é uma peça pós-moderna por excelência, pois, além de sua temática e linguagem, ela está ligada diretamente ao movimento teatral chamado In-Yer-Face Theatre, que surgiu na Inglaterra nos anos noventa, com a finalidade de denunciar os problemas políticos, econômicos, sociais que o país estava enfrentando naquele período.  Pretendemos, portanto, estudar a construção da ação dramática de Closer. Embora, a peça seja ambientada na contemporaneidade, ela apresenta elementos que remetem à estética aristotélica, permitindo-nos observar os elementos constitutivos de uma ação trágica inseridos num contexto pós-moderno.

Referências

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Tradução: Leonel Vallandro e Gerd Bornheim. 4. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1991. (Coleção os Pensadores)

ARISTÓTELES. Poética. Tradução: Eudoro de Souza. 4. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1991. (Coleção os Pensadores)

ARISTÓTELES. Poetics. Translated with a commentary by George Whalley. Montreal: McGill-Queen’s University Press, 1997.

HASSAN, Ihab. The postmodern turn: essays in postmodern theory and culture. Ohio: Cybereditions, 2001.

HEGEL, G.W.F. A poesia dramática. In: HEGEL, G.W.F. Cursos de estética. Tradução: Marco Aurélio Werle, Oliver Tolle. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004. p. 200-276.

INNES, Christorpher. Modern British Drama: the twentieth century. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

LUNA, Sandra. Arqueologia da ação trágica: o legado grego. 2. ed. João Pessoa: Ideia, 2012.

MARBER, Patrick. Closer. Comentários e notas de Daniel Rosenthal. London: Methuen Drama, 2007.

ROSENTHAL, Daniel. Comentários e notas. In: MARBER, Patrick. Closer. London: Methuen Drama, 2007.

SAUNDERS, Graham. Patrick Marber's Closer (Modern Theatre Guides). London: Bloomsbury, 2012.

SAUNDERS, Graham; D’MONTÉ, Rebecca (org.). Cool Britiannia? British political drama in the 1990s. New York: Palgrave Macmillan, 2007.

SIERZ, Aleks (org.). Modern British playwriting: the 1990s. London: Methuen Drama, 2012.

SIERZ, Aleks. In-Yer-Face Theatre: British Drama today. London: Faber and Faber, 2001.

SPENCER, Charles. Interview with Patrick Marber. Syndicated Press Interview. Disponível em: http://www.nationaltheatre.org.uk/discover-more/platforms/platform-papers/patrick-marber.Acesso em: 27 maio 2013.

Publicado
2018-12-28
Como Citar
VASCONCELOS, L. M. DE. O trágico revisitado em Closer, de Patrick Marber. Letras & Ideias, v. 2, n. 2, p. 205-223, 28 dez. 2018.
Seção
Artigos