Educação em direitos humanos e assessoria jurídica popular: A experiência do núcleo de extensão popular flor de mandacaru no eixo luta pela a moradia digna e adequada

Autores

  • Phillipe Cupertino Salloum e Silva PPGCJ/UFPB
  • Breno Marques de Mello UFPB/SANTA RITA
  • Maria Luiza Pereira de Alencar Mayer Feitosa UFPB

Palavras-chave:

Direito à cidade, Educação Popular, Movimentos Sociais.

Resumo

O Direito apresenta-se para a sociedade, a partir de sua doutrina clássica, como um campo técnico e do conhecimento independente, deslocada da realidade material e, especialmente, não influenciada pela divisão de classe. O presente estudo objetiva apontar, a partir da experiência do Núcleo de Extensão Popular Flor de Mandacaru no projeto ‘luta pela moradia digna e adequada’, objetiva apontar a participação e a construção da Assessoria Jurídica Popular como uma forma de despertar nos sujeitos envolvidos a possibilidade de tornar a reivindicação pelos direitos humanos parte do seu cotidiano, diante da compreensão da existência da luta de classe na conformação da realidade urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Phillipe Cupertino Salloum e Silva, PPGCJ/UFPB

Advogado. Mestrando em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal da Paraíba.

Breno Marques de Mello, UFPB/SANTA RITA

Graduando em Direito, UFPB, Santa Rita/PB

Maria Luiza Pereira de Alencar Mayer Feitosa, UFPB

Diretora do Centro de Ciências Jurídicas da UFPB, Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas, UFPB, João Pessoa/PB, Brasil.

Referências

BITTAR, Eduardo C. B. Educação e metodologia para os direitos humanos: cultura democrática, autonomia e ensino jurídico in SILVEIRA, Rosa Maria Godoy. et al. (orgs.). Educação em Direitos Humanos: fundamentos teórico-metodológicos. [S.l.: s.n.], p. 313-334, [20-]. Disponível em: <http://www.redhbrasil.net/documentos/bilbioteca_on_line/educacao_em_direitos_humanos/19%20-%20Cap%202%20-%20Artigo%2011.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2013.

CENSO demográfico 2010. IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Cidades@, Brasília, DF, 2013. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/cidadesat/index.php>. Acesso em: 29 jul. 2013.

ENGELS, Friedrich. A questão da habitação. São Paulo: Acadêmica, 1988.

FURMANN, Ivan. Assessoria Jurídica Universitária Popular: da utopia estudantil à ação política. 2003. 80 f. Monografia (Graduação em Direito)-Coordenação de Graduação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2003.

GENRO, Tarso F.; FILHO GENRO, Adelmo. Lenin coração e mente. 2.ed. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

HARVEY, David. A justice social e a cidade. Tradução: Armando Corrêa da Silva. São Paulo: Hucitec, 1980.

FLORES, Joaquim Herrera. Teoria crítica dos direitos humanos: os direitos humanos como produtos culturais. Tradução Luciana Caplan. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2009.

KAREL, Kosik. Dialética do concreto. Tradução Célia Neves; Alderico Toríbrio. 3.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

LEFEBVRE, Henri. Direito à cidade. Tradução T. C. Netto. São Paulo: Documentos, 1968.

LENIN, Vladmir Ilich. Que Fazer? Problema cadentes de nosso movimento. Tradução Marcelo Braz. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

LIMA, Thiago Arruda Queiroz. A Assessoria Jurídica Popular como aprofundamento (e opção) do conteúdo político do serviço jurídico. In: XXI ENCONTRO REGIONAL DE ESTUDANTES DE DIREITO, 2008, Crato. Anais... Crato: URCA, 2008. p. 16-29.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 4.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1974.

______. Educação como prática da liberdade. 22.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1994.

______. Pedagogia da Autonomia. 25.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

PORTELLI, Hugues. Gramsci e o bloco histórico. Tradução Angelina Peravalva. São Paulo: Paz e Terra, 1977.

SADER, Eder. Quando novos personagens entraram em cena – experiências e lutas dos trabalhadores da grande São Paulo 1970-1980. 2.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

SANTOS, Boaventura Souza. A gramática do tempo: para uma nova cultura política. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2010, v. 4.

SANTOS, Milton. Pobreza urbana. 2.ed. São Paulo: Editora Hucitec, 1979.

Downloads

Publicado

2014-05-14

Como Citar

SILVA, P. C. S. e; DE MELLO, B. M.; FEITOSA, M. L. P. de A. M. Educação em direitos humanos e assessoria jurídica popular: A experiência do núcleo de extensão popular flor de mandacaru no eixo luta pela a moradia digna e adequada. Prim Facie, [S. l.], v. 12, n. 22, p. 01–13, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/primafacie/article/view/17046. Acesso em: 18 jul. 2024.