Blend de enzimas digestivas sobre crescimento e composição corporal de juvenis de tilápia do Nilo

Veruska Dilyanne Silva Gomes, José Humberto Vilar da Silva, José Jordão Filho, Alda Lúcia de Lima Amâncio, Patrícia Emília Naves Givisiez, Fernando Guilherme Perazzo Costa

Resumo


Com este trabalho objetivou-se avaliar o desempenho e a composição físico-química da carcaça de juvenis de tilápia do Nilo alimentados com dietas, com grande proporção de ingredientes vegetais, suplementadas com quatro blends enzimáticos. O experimento foi conduzido durante 60 dias com 325 alevinos machos de tilápia do Nilo, pós-indução sexual, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado em cinco tratamentos com cinco repetições. Os tratamentos foram constituídos de uma dieta controle (DC); DCBlend1 = DC + 100ppm fitase + 200ppm protease; DCBlend2 = DC + 100ppm fitase + 400ppm protease; DCBlend3 = DC + 200ppm fitase + 200ppm protease + 133ppm alfa-amilase, e DCBlend4 = DC + 200ppm fitase + 400ppm protease + 200ppm alfa-amilase. Foram avaliados o desempenho, qualidade da carcaça, taxa de crescimento, índices corporais e composição físico-química da carcaça. As tilápias alimentadas com os tratamentos DCBlend3 e DCBlend4, blends contendo alfa-amilase, além de fitase e protease, apresentaram melhores índices corporais e conversão alimentar. O blend 4 aumentou o peso final, ganho em peso e taxa de crescimento específico. Recomenda-se a inclusão do blend 4 composto por alfa-amilase, fitase e protease em preparados de enzimas para tilápias alimentadas com dietas com grande proporção de ingredientes vegetais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15528/rcpa.v1i2.45855

Apontamentos

  • Não há apontamentos.